Justiça do Rio expede mandado de prisão contra mulher de Queiroz

Tanto Queiroz como a mulher são investigados no esquema da rachadinha a Assembleia Legislativa do Rio, envolvendo o senador Flávio Bolsonaro, à época deputado estadual.

Jornal GGN – A mulher de Fabrício Queiroz, Márcia Oliveira de Aguiar, teve mandado de prisão expedido pelo juiz Flávio Itabaiana Nicolau, da 27ª Vara Criminal do TJ do Rio. A mulher de Queiroz foi ‘assessora’ de Flávio Bolsonaro entre 2007 e 2017. Enquanto isso, Fabrício Queiroz foi preso na casa do advogado de Flávio Bolsonaro, em Atibaia.

Tanto Queiroz como a mulher são investigados no esquema da rachadinha a Assembleia Legislativa do Rio, envolvendo o senador Flávio Bolsonaro, à época deputado estadual. A Polícia Federal está cumprindo o mandado de prisão contra Márcia.

Márcia foi um dos sete parentes de Queiroz constantes da estrutura do mandato de Flávio Bolsonaro. Além dela, constam ainda a enteada e duas filhas do casal, uma já conhecida, a Nathalia Queiroz, personal trainer no Rio e assessora em Brasília, ao mesmo tempo.

A mulher de Queiroz nunca teve crachá da Alerj, ou seja, nunca foi ao recinto, e o Globo apurou que ela se declarou ‘cabeleireira’ em processo que moveu na Justiça, nunca tendo mencionado a assessoria parlamentar.

O MP do Rio também cumpre mandados de busca e apreensão em diversos endereços no Rio. Um deles é a casa de Bento Ribeiro, escritório político da família Bolsonaro.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora