Justiça Federal condena cúpula da Máfia dos Sanguessugas

Luiz Vedoin, um dos integrantes da Máfia dos Sanguessugas

Jornal GGN – A Justiça Federal condenou a cúpula da Máfia dos Sanguessugas por estelionato a cinco anos e oito meses de prisão. A organização criminosa tinha um esquema que fraudava licitações para vender ambulâncias superfaturadas a prefeituras de diversos Estados, entre 2002 e 2006.

A sentença do juiz Ali Mazloum, da 7a Vara Criminal Federal de São Paulo colocou em xeque a delação premiada. O juiz fez críticas ao instrumento, que vem sendo utilizado com frequência na Operação Lava Jato. “O instituto (da colaboração) não se presta a estabelecer uma espécie de alforria para todos”, afirmou. “Isso seria o mesmo que conferir aos membros de uma organização um bill de impunidade, verdadeira imunidade absoluta, coisa jamais vista no direito internacional”. 

Do Estadão

Juiz condena Sanguessugas e diz que delação ‘não pode ser alforria para todos’

Empresários que vendiam ambulâncias superfaturadas a prefeituras com verba de emendas parlamentares fizeram colaboração, mas magistrado não concedeu nenhum benefício

Por Fausto Macedo e Julia Affonso

A Justiça Federal condenou por estelionato, a cinco anos e oito meses de prisão, a cúpula da Máfia das Sanguessugas – organização criminosa que, entre 2002 e 2006, montou esquema de fraudes a licitações para venda de ambulâncias superfaturadas a prefeituras de vários Estados – na ocasião, foram desviadas verbas federais obtidas por meio de emendas parlamentares. A sentença põe em xeque a delação premiada, mecanismo supervalorizado na Operação Lava Jato, investigação que abriga pelo menos 30 colaboradores.

Os empresários Darci José Vedoin e seu filho, Luiz Antonio Trevisan Vedoin, e ainda Ronildo Pereira Medeiros – apontados como os mentores das Sanguessugas – fizeram delação. O esquema envolveu ‘deputados mancomunados, proponentes de Emendas ao Orçamento da União, incumbidos de drenar o dinheiro público’.

Desde o início das delações, em Mato Grosso, foram citados cerca de 80 parlamentares envolvidos com as Sanguessugas. Muitos deles já foram condenados em outras ações penais depois que terminaram seus mandatos e perderam a prerrogativa de foro privilegiado perante o Supremo Tribunal Federal.

Continue Lendo

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

9 comentários

  1. A Lei pode ser a mesma, mas a

    A Lei pode ser a mesma, mas a cabeça de cada magistrado é única. Sempre podemos ter surpresas, como tenho comentado  em artigos deste blog. É bom que uma sentença como essa, do juiz federal Ali Mazloum, seja publicada pelos veículos de mídia. É bom que sérgio moro e os numerosos ‘fãs’ que anda colecionando leiam também o que sentenciou o juiz federal Ali Mazloum e o que pensam outros operadores do direito sobre delação e colaboração.

  2. TINHA MINISTRO ENTREGANDO AMBULÂNCIAS COM OS VENDOIN

    Não precisava nem de delação.. o vídeo por si só mostrava a amizade de tarja preta com os vendoin, pareciam muito amigos….A nossa justiça substima a nossa inteligência, aliás nem precisava de inteligência para saber que aquele minmistro tinha um boa lida com os vendoim, senão nem estava lá. O cara parece que toma banho com vazelina escorrega dali de lá e nada.. Vou me filiar ao PSDB quero me tornar também inimputável.. Quero sim isso parece ser bom…

     

  3. Penas brandas que contrastam

    Penas brandas que contrastam com as dos casos envolvendo petistas.

    E, o PT fica a especular o sexo dos anjos na defesa covarde do republicanismo fajuto.

    Estou aguardando as próximas inserções do PT. Se não denunciar o golpismo da mídia e do judiciário em conluio com os malfeitores da república, merecidamente tem de apanhar sem dó até sua extinção.

  4. estarrecedor o crime praticado…

    assim como também é estarrecedora a frieza desses criminosos delatores, todos eles

    no lugar da vítima principal, Pestalozzi, coloquem a Petrobras e tentem endender como conseguem livrar a cara do Serra, Aécio, FHC, enfim, de todo e qualquer tucano vivo, caso a caso

    essa onda de delação é mais pra isso do que pra qualquer outra jogada política, e não da justiça

  5. No Brasil o crime compensa, e como compensa!

    Aí esta’ a tática da oposição.  Manter bem longe dos maiorais qualquer possibilidade de serem encrencados nas maracutaias. Só se deve prender os bagrinhos e não abrir espaço para que eles denunciem os graúdos.  Ou melhor, só se aceita se o graúdo for petista.   E o juiz ainda vem dar uma de ético.  As condenações destes caras os manterá na cadeia por dois anos, se tanto.  Depois vem a progressão da pena.   Deste jeito até eu aceito.  Me coloquem em cana e depois de dois anos me liberem para curtir os milhões desviados.  Para quem é jovem dois anos não é nada e eles vão se “aposentar” ainda novos e em melhores condições que muitos milhões de brasileiros honestos.  Ah! sim! No Brasil o crime compensa, e como compensa!

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome