Lava Jato corrige juíza em sentença contra Lula

Juíza Gabriela Hardt cometeu alguns erros na sentença e grupo de procuradores tiveram que pedir correção

Foto: Reprodução

Jornal GGN – Após a polêmica condenação do ex-presidente Lula no caso do sítio de Atibaia, os procuradores da Lava Jato de Curitiba chegaram a pedir para a juíza Gabriela Hardt a correção de alguns erros na sentença.

A informação foi divulgada pela coluna de Lauro Jardim, de O Globo. Entre os erros, os já explicitados pelo GGN de que a juíza errou o nome de Léo Pinheiro, da OAS, substituindo José Adlemário Pinheiro Filho por “José Adelmário Pinheiro Neto”.

A magistrada que sentenciou Lula antes de deixar o cargo, diante do nome do substituto de Sérgio Moro, também errou ao afirmar “corrupção ativa” ao invés de “corrupção passiva”, que é a condenação do sítio.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora