Luiz Fux é empossado presidente do STF e, em discurso, relembra Sullivan e o Rock’n’Rio

Ainda na esteira dos agradecimentos nomeou cada um de sua família e homenageou fortemente o pai, que o convenceu a não sair do Brasil quando em sua juventude obteve uma proposta de trabalho além-mar.

Foto O Globo

Jornal GGN – Luiz Fux, a partir de hoje, dia 10, passa a presidir o Supremo Tribunal Federal. O ministro está há nove anos no STF. Rosa Weber será a vice-presidente da Corte.

Em seu discurso Fux enalteceu o Poder Judiciário e sua incansável luta, agradeceu nominalmente cada um dos ministros, enaltecendo seus pontos fortes. Agradeceu à sua equipe, pelo apoio constante e incansável ao seu trabalho.

Ainda na esteira dos agradecimentos nomeou cada um de sua família e homenageou fortemente o pai, que o convenceu a não sair do Brasil quando em sua juventude obteve uma proposta de trabalho além-mar.

Como agradecimento especial, Fux nominou o jiu jitsu, como responsável por sua fortaleza e resiliência. Ainda como menção especial, Fux agradeceu ao Rock’n’Rio, que o encantou na juventude e o levou a participar de bandas da época, enaltecendo Michael Sullivan, compositor ganhador de vários Grammy’s latinos e que o honrou com a parceria da música ‘flor mariana’, um gesto tido como presente de casamento para sua filha.

Fux, durante o discurso, enalteceu a Lava Jato e sua incansável luta contra a corrupção. Garantiu que sua gestão será dedicada a ouvir ao clamor do povo, que pediu, desde o mensalão, o fim da corrupção no país. E ele abraça a causa como magistrado. Afirma que em sua gestão o combate à corrupção será levado com seriedade e que os corruptos se cuidem.

Leia a íntegra do discurso a seguir.

Discurso-Posse-STF-Versão-Final

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

10 comentários

  1. Sua filha, desembargadora vitalícia aos 35 anos, sem qualquer experiência prática, com a boca de urna do pai, é exemplo inequívoco da lisura de caráter do pai. Tamufú…

  2. Vai empurrar a “revisão da vida toda” até que todos aqueles que ele não nominou no seu discurso estejam mortos, o restinho inominado que ficar a Rosa Weber e o STF darão uma força.

  3. Um moro de peruca! A corte, daqui em diante, vai produzir nos brasileiros mais vergonha alheia que o capitão cloroquina. Pelo menos, não vão mais precisar simular seriedade.

  4. Nassif: tomara esteja enganado. Mas a troca parece que foi seis por meia dúzia. Há quem maldozamente diga, por cinco e meio. O Ôme demonstra ter voz própria, a despeito do outro. Mas, com tendências perigosas, aparentemente um populismo de direita, com forte aceno à Elite da qual faz parte. Acho que por isso o polêmico novo comandante do Çupremo nunca inspirou a confiança que um Judiciário equlibrado precisa. Já deu sinais suficientes de uma quedinha à direita reacionária, o que acena pra uma KortePolitizada, talvez maior que a do tempo do Morcegão. O medo maior é ver transformado um sofrido Judiciário de Pindorama num WoodstockTrupiniquim, fora do tempo e do espaço. Só não se pode esquecer é desses tipos que os VerdeSauvas desejam. Devem juntar a fome com a vontade de comer. Agora, sim, o SapoBarbudo parece se lascou…

    Era um garoto que como eu
    Amava os Beatles e os Rolling Stones
    Girava o mundo sempre a cantar
    As coisas lindas da América
    Não era belo, mas mesmo assim
    Havia uma garota afim
    Cantava help and Ticket to Ride
    Oh Lady Jane, Yesterday
    Cantava via a liberdade (…)

    (Engenhiros do Hawaii).

  5. Não há nada tão ruim que não possa piorar. Depois do Toffoli, o Fux.

    Ele vai ouvir os clamores do povo. Se vai atender aos clamores do povo, deve fornecer sombra e água fresca para a população.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome