Home Editoria Justiça Lula denuncia abusos de Sergio Moro à ONU

Lula denuncia abusos de Sergio Moro à ONU

44

Jornal GGN – Os advogados do ex-presidente Lula anunciaram nesta quinta (28) que entraram com um recurso no Comitê de Direitos Humanos da ONU (Organização das Nações Unidas) contra os “abusos de poder” de Sérgio Moro e dos procuradores da Operação Lava Jato. Lula é investigados em várias frentes pela força-tarefa criada para apurar corrupção na Petrobras e foi denunciado pelo Ministério Público Federal por tentativa de obstrução de Justiça.

À ONU, Lula alega violação dos direitos humanos pela Lava Jato. De acordo com informações do jornal The Telegraph, o ex-presidente contratou o advogado Geoffrey Robertson, que ficou conhecido por defender Julian Assange, fundador do Wikileaks, o ex-boxeador Mike Tyson e o autor indiano Salman Rushdie. 

Robertson, em sintonia com a defesa de Lula no Brasil, alega abuso de poder do Sergio Moro, que se recusa a declarar parcialidade e abrir mão de julgar o ex-presidente.

Na ação, Lula destaca não ser contra uma investigação “justa e transparente”, mas menciona a “clara falta de imparcialidade” de Moro e seus “atos ilegais”, como a gravação e divulgação de conversas privadas dele com a presidente afastada Dilma Rousseff e outras figuras que detinham foro privilegiado, além da condução coercitiva para um depoimento à Polícia Federal que foi espetacularizada na grande mídia nacional.

“As transcrições, bem como o áudio das conversas, estão sendo liberados para uma imprensa hostil. O juiz está invadindo sua privacidade e pode prendê-lo a qualquer momento e, em seguida, pode ser julgado sem um júri”, diz Robertson.

Segundo ele, “nenhum magistrado poderia agir dessa maneira. O juiz ainda tem o poder de deter os suspeitos infindamente na prisão até que confessem. Há uma barganha. Este sistema viola os direitos humanos fundamentais e já foi condenado por órgãos da ONU”.

Para Robertson, o caso de Lula vai expor o problema da prisão preventiva e das condenações “injustas” no Brasil, que são feitas baseadas em confissões de suspeitos que só querem sair da prisão.

A defesa de Lula no Brasil convocou a imprensa para uma coletiva na tarde desta quinta (28).

Em breve, mais informações.

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

44 COMMENTS

  1. O ponto central é: O Mouro

    O ponto central é: O Mouro continua apitando, o Deltan continua orando e o resto dos procuradores continuam embolsando? Se não parar tudo isso não vejo o porque …

  2. Demorou. 
    Isto já deveria ter

    Demorou. 

    Isto já deveria ter sido feito há muito tempo.

    Mesmo sendo tarde, a medida pode surtir algum efeito.

    Desde que Lula resolva enfrentar abertamente nas ruas os Juizes que emporcalham os tribunais em que trabalham.

    Moro é apenas um deles. Há aqueles que dão guarida para ele no Tribunal Regional Federal, no Superior Tribunal de Justiça e no Supremo Tribunal Federal.

     

    • Guarida

      Talvez valha a pena ter um tiquinho de boa vontade com os que supostamente dão guarida a Moro.

      A grande verdade é que muitos se sentem intimidados principalmente pela imprensa e, em alguns casos – o Nassif já relatou aqui -, até mesmo por membros da família ou por pessoas de seus grupos sociais.

      Sei que não alivia muito, pois juízes deveriam ter coragem de ser contramajoritários de vez em quando. De todo modo, vale a pena pensar no assunto, não?

  3. Alguém precisar  recorrer a

    Alguém precisar  recorrer a organização internacional é uma vergonha!

    Chegamos a um ponto que, se um ex-presidente não confia na Justiça de seu país, quem dirá nós aqui do andar de baixo?

    Vide o caso daquelas pessoas acusadas de que seriam terroristas.

  4. Seguir o exemplo

    É uma obrigação e um dever dos movimentos sociais e do campo progressista brasileiro seguir o exemplo do Lula e denunciar à ONU a política de exterminio que a polícia do Estado de São Paulo vem emprrendendo contra a população negra da periferia das grandes cidades do Estado. Sim, é uma política de exterminio consciente de extermínio.

  5. Dá-lhe!…

    Com esses setores do MPF e do Poder Judiciário que abusam das Leis no Brasil. Esse é o caminho, para a vergonha nacional.

    Pigmeus que esgoelam com gigantes fatalmente serão derrotados!…

  6. Isso é muito positivo, Lula

    Isso é muito positivo, Lula vai mostrar ao mundo o que todos os brasileiros já sabem, que aqui existe uma “justiça partidária” apoiada pela mídia golpista. Força Lula!

    P.S.: acredito que o bloqueio do WhatsApp e do Facebook só pode ser ordem dos grupos de mídia, pois já sabemos que uma grande parte do MPF, Procuradoria e Tribunais obedecem aos interesses destes grupos. 

     

     

  7. E pensar que essa ação de

    E pensar que essa ação de Lula já poderia ter sido levada à ONU há bem mais tempo.

    Acredito que Lula terá um direito de resposta à altura, porque se não é respeitado no seu próprio país, o que vimos assistindo é uma leva de pessoas importantes do mundo inteiro a enxergá-lo como um hmem de bem.

    Que dane-se o STF, tão ou mais subserviente da mídia que Moro. 

  8. Uma atitude que já deveria

    Uma atitude que já deveria ter sido feita há muitos meses atrás. O Moro é, sem dúvida, um juíz parcial quando se trata do ex-presidente Lula. 

  9. Solução

    Não é só o Moro que torna nossa justiça mori-i-bunda. Em um país mais sério, alguns ministros do stf já estariam na cadeia. É preciso acabar com o poder judiciário – cumprindo o mandamento de que todo poder emana do povo – e transformar a justiça em serviço público, onde desonestos não teriam vez. Por que o Lula só reclama de um?

    • É interessante que no Barsil

      É interessante que no Barsil tudo acaba em “honestidade/desonestidade”. Ou seja, tudo vira uma questão moral, que na verdade esconde a verdadeira questão, que é ideológica. Esse caso não é de honestidade ou desonestidade, é de distribuição de poder e renda. No final, é a questão de como será distribuida a renda nacional, que é feita por todos, uma questão ideológica. Os juizes usurpam, para seu próprio beneficio, do poder que deveria emanar do povo, mas eles só fazem isso pois permitem uma concentração de renda que mantém uma minoria de ricos e uma imensa maioria de pobres sem direitos.

       

    • É interessante que no Barsil

      É interessante que no Barsil tudo acaba em “honestidade/desonestidade”. Ou seja, tudo vira uma questão moral, que na verdade esconde a verdadeira questão, que é ideológica. Esse caso não é de honestidade ou desonestidade, é de distribuição de poder e renda. No final, é a questão de como será distribuida a renda nacional, que é feita por todos, uma questão ideológica. Os juizes usurpam, para seu próprio beneficio, do poder que deveria emanar do povo, mas eles só fazem isso pois permitem uma concentração de renda que mantém uma minoria de ricos e uma imensa maioria de pobres sem direitos.

       

  10. Marco A. Villa entrou com HC

    Marco A. Villa entrou com HC para não ter que peitar a justiça na ação movida por Lula. E o cara ainda diz que não fez nad. Quem o vê na TV Cultura dia sim, dia não, sabe bem porque Lula não suporta mais tanta violência contra sua pessoas e sua família também. 

  11. Já escrevi sobre a

    Já escrevi sobre a importancia de Lula, mas não apenas ele, recorrerem às cortes internacionais, Especialmente ao TPI – Tribunal Penal Internacional ou Tribunal de Roma, órgão ligado a ONU que julga pessoas por crimes contra a humanidade, que é o crime de que está sendo vítima o Lula e outros companheiros.

    Meu entendimento é que se trata ainda de uma ação defensiva, ao acusar Moro por abuso de autoridade e não por crime contra a humanidade, cujo foro seria o TPI.

    Espero que este seja o primeiro passo para a segunda ação. Ação esta que já deveria feita pelos advogados de Vaccari e Dirceu.

  12. A questão central deste

    A questão central deste processo todo não foi atacada, a de que a quase totalidade das operações investigadas são operações normais de doação de corporações privadas para a política, algo comum na maior parte dos paises. As corporações privadas tem grande influência ou mesmo mandam na política em todo o mundo. Ou alguém acha que uma contrutora da Alemanha entra na França assim, via licitação de menor preço?

    Mas aqui a maioria está convencia de que se trata de “roubo”, num raciocínio superficial de que “ora, se doou é por que busca um retorno”. Óvio que busca um retorno, talvez aproximar empresas e administração pública para fazer os processos andarem, ou otimizar doações para quem tem viabilidade elitoral, algo reputado positivo em paises bem mais evoluídos que o Brasil, como EUA e Alemanha.

    Com esse grau de idealismo na terra dos santos teóricos, fica fácil criminalizar pppp.

     

  13. Em um país civilizado, onde vigora o Estado Democrático de Direi

    Em um país civilizado, onde vigora o Estado Democrático de Direito, um juiz de primeira instância que grampeia e vaza conversas privadas do Presidente da República é sumariamente preso e expulso da magistratura.

    Além disso, mobilizar mais de duzentos policiais para conduzir coercitivamente um cidadão que não foi indiciado por crime nenhum é algo que deixa bem claro os reais propósitos de um juiz que age de forma parcial e partidária. 

  14. AEEEEEEEEE!!!!
    Uma coisa é

    AEEEEEEEEE!!!!

    Uma coisa é perder a luta, outra é ser derrotado sem lutar!!! GRANDE Lula.

    E pensar que a Dilma dicursou em plena reunião geral da ONU e amarelou vergonhosamente. E ainda chamam de coração valente… essas e outras posturas da Sra. “Controle Remoto” (a exemplo de segurar o sonolento Cardozo no MJ até a undécima hora) também deverão ser melhor aquilatadas no futuro.

  15. Antes tarde do que nunca.

    Antes tarde do que nunca. Pois é sabido e notório a função justiceira (perseguidora e punitiva odiosa) de membros do judiciário brasileiro para com membros de partidos progressistas. Que o diga a perseguição, em vários Estados, que eles fizeram para doadores do PSol nas eleições de 2014.

    Infelizmente não vai dar em nada porque quem faz isso está pouco se lixando para o escrúpulo ou a ética.

  16. O maior mal do Brasil não é a

    O maior mal do Brasil não é a favela, a droga, a criminalidade, a roubalheira na Câmara dos Deputados, no Senado, os maus governantes… Nada disso!

    O maior mal do Brasil é – disparado – a Justiça!

  17. Medo

    Gente o que nao faz o medo… são fatos e fotos comprovados no indiciamento da PF e MP… mas Ok, vai dar em nada a corte que o julgará é aqui mesmo….

     

    Somente esta expondo mais e mais o seu medo…

  18. Medo

    Gente o que nao faz o medo… são fatos e fotos comprovados no indiciamento da PF e MP… mas Ok, vai dar em nada a corte que o julgará é aqui mesmo….

     

    Somente esta expondo mais e mais o seu medo…

    • Medo?

      Queria ver você perseguido como foi e é o Lula? Lula perdeu foi o saco. Coisa que eu já tinha perdido a muito tempo. Lula foi é muito republicano com este safado togado. A Justiça brasileira faliu. Se é que um dia ela realmente ela existiu. A justiça e o STF  amarelaram para a globo e um juizeco de terceira categoria que grampeou até o próprio STF. Que não fez nada!

  19. Não tenho dúvida de que Lula

    Não tenho dúvida de que Lula foi o melhor presidente que este país já teve.

    Até aqui, só vi abuso de autoridade contra ele. Tanto tempo investigando e nada de acharem uma prova incontestável, mesmo assim, não arquivam o caso, continuam difamando a imagem dele o tempo inteiro, por razões políticas.

    Já está na hora de mostrar ao mundo o que acontece aqui nesse país que se diz democrático.

    Enquanto o judiciário continuar querendo ibope, em vez de atuar com isenção, não tem democracia. Já esperar ações corretas dos deputados e senadores é um tanto utópico, as ações destes são políticas e não tem nada haver com fazer o que é correto, infelizmente.

  20. e o primeiro a reclamar indignado será……..

    Enfim a devastadora confirmação que a justiça deste nosso País é omissa, covarde, seletiva com PPPP, incompetente (domínio do fato), ditatorial etc.

    É um triste olhar do mundo para esta instituição que ainda insistem e afirmam estar funcionando.

    Até que enfim grande Lula, um bom serviço para acordar e dar força aos poucos juízes de juízo e tentar proteger este Brasil.

  21. pres

    Vou dividir a questão em dois pontos. Talvez o segundo vá de encontro ao pensamento da maioria, mas é a minha percepção. 

    1º) Indiscutível, inegável e insofismável que o ex-presidente Lula ultimamente tem sido vítima de ilegalidades e de constrangimentos desnecessários; que hoje ele e sua família, incluindo até parentes, foram e estão sendo perseguidos de forma implacável; que, enfim, é o alvo, a “presa” que precisa ser abatida pelo sistema de repressão(MPF-Judiciário).  Toda essa carga sem lastro, provas materiais apenas a palavra de um senador ressentido e ilações fincadas na lógica da cadeia de comando. 

    Também é raso que o Supremo Tribunal Federal, responsável em última instância pelo resguardo dos Direitos e Garantias Individuais tem simplesmente “lavado as mãos” com referência aos abusos e ilegalidades de um Juiz de Primeiro Grau do tipo celebridade e que foi o responsável pelos excessos citados no parágrafo anterior.

    Antes de passar para para o item seguinte faço o esclarecimento sempre recorrente: sou leigo em Direito. Daí tratar-se de mera opinião e não propriamente um argumento.

    2º) Seria lícito, adequado, um ex-presidente da República, mesmo que na condição de simples cidadão, recorrer a Foro internacional sem jurisdição nenhuma sob o nosso país e ainda mais não tendo esgotadas todas as possibilidades adstritas a estrutura judiciária do País? Não seria de certa maneira um desprestígio, ou até mesmo uma afronta, ao próprio Supremo Tribunal Federal, guardião da Constituição, portanto das garantias lá estipuladas? Não é estranho, até esdrúxulo, ter como figura central nesse desiderato um simples Juiz de Primeira Instância?

    Acredito sinceramente que essa atitude de Lula não é correta em razão dos aspectos citados. Espero ainda ser convencido. 

    • Complementando: A atitude do

      Complementando: 

      A atitude do Lula é politica, claro. O que a meu ver contribui para depreciar ainda mais essa atitude. 

      Afinal, que país é esse em que um ex-presidente da República, conhecido e laureado no mundo inteiro, recorre a uma instituição internacional contra atos ou investidas de um Poder legítimo? Qual a leitura que passa a se fazer do país se não a de que parecemos uma daquelas republiquetas subsaarianas tipificadas pela fragilidade institucional e a carência de salvaguardas típicas de uma nação civilizada? 

      Por que primeiro não recorrer às instâncias superiores ao Juízo dado como arbitrário, no caso três: Tribunal Regional, Superior Tribunal de Justiça e por fim o Supremo Tribunal  Federal? O doutor Moro numa hora dessa deve estar dando pulos de alegria por essa chance de vitaminar ainda mais seu ego. Sem contar que internamente sua áurea de herói aumentará substancialmente. 

       

    • O seu judiciário é patético,

      O seu judiciário é patético, uma peça de ficção. Ninguém que conheça a sua justiça perde tempo recorrendo para a mesma se não tiver alguns dos seus juízes no bolso (e isso é fácil de arrumar, basta ter dinheiro).

  22. Nossa justiça é patética!

    Um supremo que tem um Gilmar Mendes nos seus quadros não é supremo!! Acho que o judiciário brasileiro deveria ser  começar do zero!!!De preferência com ajuda internacional com observadores internacionais ( NÃO DO EUA, CLARO!!)  pra ver se dá vergonha na cara.

    Se a gente compara as gravações do Delcídio com as do Juca, as do Delcídio eram brincadeiras de criança e ele foi preso somento por ser do PT, enquanto isso o Juca e cia continuam ai soltos nem investigados estão sendo!! Sem falar no meliante mor que é nosso verdadeiro presidente interino golpista o CUNHA!!!

  23. E eu, que moro no Brasil, digo que Moro é um psicopata

     

    E enquanto isso o Cunha continua livre, leve e solto.

    Lula tem que ser julgado por juiz português

    Advogado inglês de Lula diz que Moro é parcial CompartilharImprimi
    r
    publicado 28/07/2016 no Conversa Afiada

    Geoffrey Robertson diz que Moro é claramente parcial e sistema brasileiro, primitivo, permite que juiz que trabalha na investigação julga também.

    Robertson diz que jamais um juiz europeu iria ao lançamento do livro do filho da Urubóloga.

     PHA

    Em tempo: Clique aqui para ler a íntegra da petição entregue pelos advogados de Lula ao Conselho de Direitos Humanos da ONU.

    Em tempo 2: Confira mais informações no site do presidente Lula.

     

  24. e agora, …

    ,,, um certo “juiz” de Curitiba e a sua quadrilha, vão ficar com “a bunda exposta na janela, para o mundo inteiro passar a mão nela”, ….  além da matilha de Curitiba, todo o corrompido judiciário brasileiro vai ficar numa sinuca de bico….

    A defesa de Lula deve expor ao mundo todo os salários escandalosos, as verbas para aluguel e vestuário pornográficas , os longos recessos,  …  e as demais benesses auto concedidas desse sistema podre…

    Além do nível do advogado contratado, que supera  muito o pouco saber jurídico dos acusadores,  o confronto entre a envergadura moral que se exige de um juiz no mundo todo,  e a mísera qualidade do material humano no  nosso judiciário, talvez acabe por produzir uma melhora de nível nos quadros da justiça brasileira. 

  25. Desdobramentos

    Ao denunciar a perseguição de um mero juiz de primeira instância numa corte internacional, Lula, que até onde sei, sequer é réu, denuncia por tabela e indiretamente TODAS as instâncias acima daquela, até a suprema corte.

    Entendo essa denúncia nos seguintes termos: Sérgio Moro é uma ameaça ao Estado de Direito no Brasil, assim como toda a estrutura do Poder Judiciário. Não há hoje no Brasil nenhuma instância jurídica capaz de proteger um cidadão do arbítrio, assegurando a ele (a nós) o legítimo direito à defesa.

    A denúncia de Lula é favor preventivo a todos os brasileiros, no presente e no futuro. Suponho que ele esteja também pavimentando uma decisão mais drástica de se exilar.

  26. Eu disse isto aqui no blog

    Eu disse isto aqui no blog faz tempo,a luta terá que ser travada lá fora tb, pq

    aqui já está perdido com essas Instituições Brasileiras podres e dominadas pelas elites!

    TÊM QUE CONSTRANGER ESSES HIPÓCRITAS AQUI, MUNDIALMENTE!

    Obs: A razão está com Lula e Dilma,vamos partir pra cima,É AGORA !!!!!

  27. Crime de Moro

    Moro cometeu crime e deve ser preso, diz professor de Direito da USP

    Published on 18 de junho de 2016in Lava Jato by

    Professor titular de Direito Penal da USP, Sérgio Salomão Shecaira afirmou, na noite desta quinta (17), que o juiz Sérgio Moro, responsável pela Operação Lava Jato, cometeu um crime ao divulgar os grampos envolvendo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a presidenta Dilma Rousseff e deve ser preso. Em uma fala repleta de críticas ao judiciário, ele participou, ao lado de outros juristas de ato em defesa da democracia, realizado em São Paulo, na Faculdade de Direito da USP.

    “O poder judiciário está, sim, acovardado, a ponto de ter modificado o princípio de presunção da inocência”, disse criticando a decisão do Supremo que autorizou a prisão de pessoas condenadas em segunda instância. Shecaira destacou trecho do artigo que o juiz Sérgio Moro escreveu sobre a Operação Mãos Limpas, da Itália, no qual ele ressaltou que os responsáveis pelas investigações fizeram largo uso de vazamentos para imprensa.

    “Então ele [Moro] já sabia qual era o caminho: ele dá uma decisão e vaza para a imprensa simpatizante, das seis famílias que dominam a mídia”, criticou, lembrando que o golpe civil-militar de 1964 também foi midiático. “E hoje um golpe está em curso no país. E não nos resta outra saída a não ser irmos às trincheiras em defesa do estado democrático de Direito”.

    Depois de citar parte da lei de interceptação telefônica, ele foi enfático ao defender que a quebra do segredo de Justiça é crime. Um dia após Moro tornar públicas conversas pessoais do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva com a presidenta Dilma Rousseff, Shecaira defendeu que o “todo poderoso” juiz de Curitiba cometeu, sim, um crime, e deve ser punido por isso.

    “O sigilo ser quebrado pelo próprio juiz, invocando o interesse da nação – e não é ele que interpreta os interesses da nação, pois nem foi eleito pelo povo – significa que ele cometeu um crime e isso tem que ser levado às barras dos tribunais”, pregou, sob aplausos efusivos da plateia, que gritava “Moro na cadeira”.

    Segundo o professor, na “manifestação branca” do último domingo na Avenida Paulista, não estava a verdadeira população brasileira, porque a população negra não estava lá. “Quem aqui está ao lado da verdadeira população brasileira, estamos pela legalidade e pela prisão do juiz Sérgio Moro”, encerrou.

    FONTE: http://www.m.vermelho.org.br/noticia/277926-1#.VutgnKBXTuI.facebook

     

  28. Lula tem um ponto de vista:

    Lula tem um ponto de vista: país que não se dá o respeito e baixa a cabeça para outros países…Ninguém Respeita…! Cabe a mesma coisa para alguns do Judiciário ..que deixou a justiça de lado e trabalham, atualmente, politicamente… Não engolem um metalúrgico que foi pobre e retirante do Nordeste, sem graduação universitária, que chegou duas vezes a Presidência da República e é considerado mundialmente como a Maior Liderança Viva em Ação. Eles podem ter o conhecimento jurídico…mas em matéria de SABEDORIA são obtusos …nem sabem o significado da palavra, pois se assim fosse…saberiam que quanto mais eles perseguem o Lula …mais ele se fortalece. São Burros…o cognitivo deles não interpreta…Parabéns ao Lula e a todos àqueles que lutam pela nossa Democracia…Nossa Justiça está doente…foi contaminada, resta aos Togados Honestos e Ilibados descontaminar e restabelecer nossa Democracia.

  29. Ética dos advogados diante da código de ética da magistratura,

    A seletividade dos vazamentos, desrespeito a Ética da Magistratura e a Constituição Federal.

    Tribunal Nazista ?

    Sérgio Moro não pediu desculpas ou mostrou arrependimento pelo barbaridade contra Lula e a Presidenta Dilma.

    Buscou com o pedido de escusa ao STF  livrar-se de sua obrigação, sob o argumento de sua convicção: os fins justificando os meios. Por exemplo, crime de responsabilidade de abuso, conduta sem arrazoado, crime previsto no código de Ética de Magistratura.

    Magistrado Sérgio Moro, é filho de fundador do PSDB amigo de José Serra. Ele apresentou pedido de Escusa ao STF, um instrumento constitucional , para se proteger de sua conduta com claro objetivo de induzir ao linchamento público do ex-Presidente Lula e da Presidenta Dilma, repeteco do Mensalão do PT,  e assim descer a clava forte da in-justiça, fazer a condenação previa de ambos. Tudo sob o patrocínio da FIESP,  e da caixa de ressonância da mídia golpista contumaz: Globo-Estadão-Folha-Veja -Radio Jovem Pan.

    E, obviamente, a bordo quadros da Policia Federal que usualmente são atiradores em alvo com imagem da Presidente Dilma.

    Moro parece que obteve exito no STF.

    Para Lula , ainda não pediu desculpas.

    Mais um perdão, inaceitável do STF para golpistas ?

    Atentado contra o direitos fundamentais outorgados na CF cidadã de 1988, banalizada mais vez.

    A utilização de argumentos subjetivos para fazer impor à selecionados cidadãos a negação de direitos humanos, beira a psicopatia.

    Tolerância para atitudes por supostas convicção, ou potencialmente em função de interesses políticos do Magistrado não declarados, são também fontes de crescimento da intolerância,  que a história mostra resultar em atrocidades.

    A Constituição Federal do Brarsil, de 1988, como sabemos contempla o respeito a tratados internacionais em que o Brasil seja parte.” (art. 5°, § 2°). Assim, Tratados de Direitos Humanos integram a relação de direitos constitucionalmente protegidos aos cidadãos brasileiros.

    Em lugar da Tribunos do STF impor sua suprema autoridade, deveriam respeitar e fazer os Magistrados respeitarem a soberania de cada indivíduo, em todos os aspectos relativos a sua vida:  íntima, social, politica e religiosa.

    O Magistrado Moro, parece ter visão opressora, não apreciar ou negar liberdades de pensamento e do direito da intimidade.

    O desprezo dos direitos do cidadão e condescendência a tirania e da pratica da injustiça pelo Poder Judiciário são também causas dos males públicos e do incentivo a corrupção.

    No pedido de escusa do STF se visualiza que é para continuar praticando a discriminação de de pessoas, o direito de flexibilizar a lei e de beneficiar grupos da elite dominantes. 

    Escuta e vazamentos seletivos do material  da Lava Jato, visam a confundir e desinformar mais a sociedade, impor o Medo a população despreocupada,  que vale tudo pelo casuísmo do golpe politico para derrubada da Presidenta do Brasil eleita democraticamente e para remover o direito o Partido dos Trabalhadores do poder  conquistado 4 vezes seguidas na urnas desmentindo os falso resultados de pesquisas de opinião e intenção conduzidos pela oposição — ou seja visa para promover a desigualdade do ponto de vista formal .

    Efetivamente, o pedido de  escusa foi uma petição ao STF para flexibilizar o Código de Ética da Magistratura. Os fins justificam os meios.

    Para Juiz de Direita desequilibrar direitos dos cidadãos da República, dar  tratamento seletivo,  discriminar pessoas em virtude de critério de índole marcadamente partidária. Penas e interpretação diferentes. A vontade dos amigos diante da lei.

    Diz se que psicopata é  um indivíduo com baixa capacidade de remorso. Geralmente são do sexo masculino, com altas competências buscam conquistar cargos relevantes para exercer o poder e dominância desmedida.

    Com um padrão de atitudes manipulatórias,impulsividade e ausência de medo, praticam condutas de riscos terminando muitas vezes em tortura e violência contra pessoas, além da falta de empatia

     

  30. Acho que o Moro e o pessoal

    Acho que o Moro e o pessoal da PF devem ter o STF nas mãos, do jeito que andaram grampeando todo mundo.

    Gilmar faz parte da ORCRIM, então, não vem ao caso.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Sair da versão mobile