Marta Suplicy e mais 4 não serão investigados porque têm mais de 70 anos

Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

Jornal GGN – Marta Suplicy (PMDB) e mais quatro parlamentares não serão investigados a reboque das delações da Odebrecht porque têm mais de 70 anos e, por causa disso, o prazo para investigação cai pela metade, informou a Agência Brasil.

Segundo o portal, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, decidiu pedir o arquivamento das cinco investigação ao Supremo Tribunal Federal, mas somente após o relator da Lava Jato na Corte, Edson Fachin, apontar a possível prescrição dos crimes.
 
Foram beneficados pela decisão, além de Marta, os deputados Jarbas Vasconcelos (PMDB), Roberto Freite (PPS), Garibaldi Alves (PMDB) e José Agripino (DEM). O PGR pediu inquérito contra os 5 políticos quando divulgou a chamada “lista de Janot 2.0”, que incluia um total de 84 pedidos de investigação por causa da delação da Odebrecht.
 
No caso de Marta, o delator Benedicto Barbosa Junior, da Odebrecht, afirmou que a senadora recebeu caixa 2 em duas oportunidades: nas eleições de 2008 (quando disputou a Prefeitura de São Paulo) e 2010 (quando concorreu ao Senad), num total de R$ 1,050 milhão. Os repasses teriam sido efetuados a pedido do marido de Marta, o empresário Márcio Toledo. A imputação foi de corrupção passiva, apontou o Conjur.
 
PARALELO COM LULA E GENOÍNO
 
A decisão de Janot, influenciada por Fachin, levanta dúvidas sobre os critérios aplicados a outros inquéritos da Lava Jato que foram instaurados a reboque da delação da Odebrecht.
 
É o caso de José Genoíno, que será investigado pela Procuradoria da República em São Paulo por supostamente ter recebido R$ 30 mil em doação eleitoral da empreiteira, em 2010. O delator Alexandrino Alencar também teria afirmado que doou R$ 15 mil a Genoíno sensibilizado com a situação dele após o Mensalão. Nos dois casos, os informantes negaram contrapartida.
 
Embora Genoíno tenha 71 anos e o caso relatado pela Odebrecht tenha ocorrido em 2010, com um valor muito inferior ao de Marta, não há notícia de que os procuradores da Lava Jato discutiram eventual arquivamento desse inquérito.
 
O mesmo paralelo pode ser feito em relação aos processos contra Lula, que já tinha mais de 70 anos quando foi denunciado formalmente por causa do triplex.
 
Pelos relatos da força-tarefa de Curitiba, o apartamento da OAS teria sido repassado a Lula em meados de 2009.
 
Se considerado que o juiz Sergio Moro responsabilizou o petista pelos crimes de ex-diretores da Petrobras, o suposto crime remontaria aos mandatos de Lula, pois foi quando o governo petista discutiu com os partidos da base a nomeação de dirigentes como Paulo Roberto Costa, Renato Duque, Nestor Cerveró e Pedro Barusco.
 
Leia mais aqui.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

14 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leandro Ferrari

- 2017-08-05 14:04:57

Ah tá. Alteração para se

Ah tá. Alteração para se aposentar com 75 anos pode, investigar não. Isto é, um trabalhador de 74 anos não é senil, mas um político atuante de 74 anos é???

Maria Rita

- 2017-08-05 01:38:46

Parece que tudo no nosso país

Parece que tudo no nosso país está prescrevendo. Tudo, inclusive, vergonha na cara para aguentar tanto absurdo e descompasso legal, institucional, o diabo a quatro.

Júnior 5 Estrelas

- 2017-08-05 00:05:09

Hei Da.Martaxa,cuidado o
Hei Da.Martaxa,cuidado o Luuulllaaa ainda vai fungar no seu cangote.

ze sergio

- 2017-08-04 23:51:37

viramos....

Marta, do "Nefasto" e "Faremos Política de outra forma", está agora do lado de Kassab e todo PFL. Dilma foi deposta. As Senadoras fizeram protesto.Bloquearam a mesa do Senado. Senadoras de Esquerda, PT principalmente. Katia Abreu estava lá. Dignidade e Estatura de Estadista. O Brasil tem uma mulher com condições de guiá-lo. 

Ivan de Union

- 2017-08-04 20:27:07

Ela NUNCA foi petista...

Ela NUNCA foi petista...

Eduardo Outro

- 2017-08-04 20:21:27

Não precisou das credenciais

Não precisou das credenciais do avô, apresentou as próprias. Ele tem certeza de que só será julgado, se for, quando tiver mais de 80. E os calhordas nunca morrem cedo, a não ser que recebam uma estaca no coração, todos têm uma parte vampiro.

André Oliveira

- 2017-08-04 19:27:00

Viramos de fato o país dos
Viramos de fato o país dos imbecis. O valor social de um inquérito não está na punição dos culpados mas sim no esclarecimento da verdade através dos fatos. A punição é um desdobramento possível de todo o processo mas não o único fim do inquérito. Interessa por exemplo ao inocente que os os fatos demonstrem-no. Quando envolve políticos na ativa o valor do inquérito para a sociedade se multiplica por 100 mesmo que seus supostos crimes estejam prescritos.

alvaro f

- 2017-08-04 19:22:44

Prescrição não, é pagamento.

É pagamento do serviço do GOLPE. Essa 'justissa' além de partidária é criminosa, nem precisa que o congresso faça lei de anistia de caixa 2, há o mp para dar o arquivamento sem queimar o filme de  dePUTAdo.

Aracy_

- 2017-08-04 19:16:52

Ou seja, é a candura da

Ou seja, é a candura da investigação pé na cova.

Frederico Firmo

- 2017-08-04 19:15:51

O proximo arquivamento  será

O proximo arquivamento  será o de Aécio Neves provavelmente por prescrição de idade, ( ele apresentou as credenciais de Tancredo)

Bobo

- 2017-08-04 19:15:29

Engodo igual o da Lava-jato

Engodo igual o da Lava-jato para não investigar os crimes da era FHC, os crimes podem preescrever mas e os dolares em contas a serem recuperados? Danos ao patrimonio, etc...

Yvette Teixeira

- 2017-08-04 19:04:52

Ou seja, justiça não é para

Ou seja, justiça não é para todos quando trata-se de petistas.

João de Paiva

- 2017-08-04 18:58:14

A Fraude a Jato é ORCRIM institucional

Quantas provas mais serão necessárias,para que os leitores deste e de outros blogs e portais progressistas criem coragem e façam como eu e, sem meias palavras, escrevam e digam a verdade que os criminosos lavajateiros precisdam ouvir? Essa operação midiático-policial-judicial é uma ORCRIM institucional.

Antonio C.

- 2017-08-04 18:49:16

A Marta...

... não é mais petista.

Território livre.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador