Mensagens de Bolsonaro serão inclusas em relatório final da CPI

Presidente será colocado como principal personagem em capítulo que aborda disseminação de fake news durante a pandemia de covid-19

Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

Jornal GGN – As mensagens que o presidente Jair Bolsonaro enviou a contatos de sua lista de WhatsApp serão inclusas pelo senador Renan Calheiros (MDB) no relatório final da CPI da Pandemia.

As mensagens em questão mostram que Bolsonaro disseminou fake news com relação ao combate à pandemia de covid-19, e chegou a declarar que “jovens morreram com a Pfizer” no mesmo dia em que o Ministério da Saúde recomendou a vacinação de adolescentes no começo desta semana.

Segundo reportagem do jornal O Globo, Renan Calheiros pretende usar tais mensagens para sustentar o indiciamento de Bolsonaro por incitação a descumprimento de medida sanitária, além de colocar o presidente como personagem principal no capítulo relacionado a fake news.

Embora tenha sido aconselhado por consultores legislativos a propor o indiciamento de Bolsonaro por incitação ao crime por descumprimento de medida sanitária, o relator da CPI afirmou que pretende consultar os outros integrantes da CPI.

Leia Também

Bolsonaro é citado nominalmente sobre convocações para atos de 07 de Setembro

Votação do relatório da CPI da Pandemia deve acorrer no próximo dia 20

1000 dias de destruição e mortes, por Marcelo Mattos

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome