Ministra Cármen Lúcia suspende devolução de madeira apreendida

Decisão foi proferida na noite desta terça-feira; PF do Amazonas chegou a liberar parte de carga de madeira apreendida

Jornal GGN – A ministra Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou a suspensão da devolução de madeira apreendida na Operação Handroanthus, suspeita de ter origem em desmatamento ilegal.

Reportagem do jornal O Globo afirma que a ministra também determinou a paralisação de todos os processos decorrentes, até que ela decida onde o processo irá tramitar – se no STF ou na primeira instância.

Recentemente, os juízes federais da 4ª Vara do Pará e da 7ª Vara do Amazonas indicaram a existência de ilegalidades nas investigações e a tomar decisões que liberavam toda a madeira apreendida – o que levou a PF amazonense a liberar a restituição de aproximadamente 140 mil m³ de madeira apreendida.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome