Home Destaque Secundário Moraes rejeita PGR e segue na relatoria do caso Ricardo Salles

Moraes rejeita PGR e segue na relatoria do caso Ricardo Salles

Moraes rejeita PGR e segue na relatoria do caso Ricardo Salles
Alexandre de Moraes, ministro do STF. | Foto: Rosinei Coutinho/SCO/STF

APOIE O GGN NA RESISTÊNCIA AOS ATAQUES DIGITAIS E CERCO JUDICIAL QUE TENTAM NOS CENSURAR

CLIQUE AQUI E SABIA MAIS

Jornal GGN – O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), rejeitou o pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR) para que se afastasse da investigação contra o ministro do Meio Ambiente Ricardo Salles. A argumentação era de que o caso deveria tramitar com a relatoria da ministra Cármen Lúcia.

Segundo o jornal O Globo, a petição apresentada pelo PGR mostra que a ministra Cármen Lúcia é relatora de uma notícia-crime apresentada no mês passado pelo delegado Alexandre Saraiva, ex-superintendente da PF do Amazonas, que acusa Salles de obstruir as investigações sobre desmatamento ilegal por madeireiras, e que por conta disso essa outra investigação deveria ter ficado com a ministra.

Entretanto, a Superintendência da PF no Distrito Federal tinha uma investigação anterior em andamento a respeito do relaxamento das regras do Ibama e do Ministério do Meio Ambiente para permitir a exportação de madeira ilegal. Por conta de tal investigação, a PF pediu a Alexandre de Moraes que desarquivasse um processo contra Salles que teve tramitação em 2020, mas que foi parado uma vez que a PGR não apontou crimes na conduta do ministro.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

GGN
Sair da versão mobile