Moro reforça caráter político dos processos contra Lula, diz Zanin

Jornal GGN – A defesa de Lula, na figura do advogado Cristiano Zanin, publicou nota na noite desta segunda (1º) afirmando que a “conduta adotada hoje pelo juiz Sérgio Moro na Ação Penal nº 5063130-17.2016.4.04.7000 apenas reforça o caráter político dos processos e da condenação injusta imposta ao ex-presidente Lula.”

Moro decidiu anexar aos autos do processo em que Lula é acusado de receber vantagem indevida da Odebrecht um capítulo da delação de Antonio Palocci, que não tem conexão com o caso e tampouso será utilizada pelo juiz no julgamento. Além disso, ele levantou o sigilo da delação, dando acesso à imprensa.

A delação, negociada com a Polícia Federal e homologada pelo TRF-4, foi rejeitada pelos procuradores de Curitiba por “falta de provas”, disse Zanin. Além disso, provas constituídas nos autos, inclusive por laudos periciais, teriam desmontado as “mentiras” do delator.

Para a defesa, Palocci mentiu para “para obter generosos benefícios que vão da redução substancial de sua pena – 2/3 com a possibilidade de ‘perdão judicial’ – e da manutenção de parte substancial dos valores encontrados em suas contas bancárias.”

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora