MP-RJ não deve esperar foro de Flávio e apresentará denúncia

Os promotores planejam apresentar a denúncia do esquema "rachadinha" entre os dias 21 e 25 de setembro, informa colunista

Foto: Divulgação

Jornal GGN – O Ministério Público do Rio de Janeiro deve apresentar a denúncia contra o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), no caso “rachadinha”, em duas semanas, e deve ser denunciado pelos crimes de peculato, organização criminosa e lavagem de dinheiro.

A informação, divulgada pela coluna de Bela Megale, é que a peça será entregue à Justiça entre os dias 21 e 25 de setembro.

A decisão ocorre em meio à pendência de o Supremo Tribunal Federal (STF) decidir sobre o foro privilegiado ao senador. Caso Flávio Bolsonaro obtenha esta vitória na Corte e manter o foro especial, a denúncia precisaria ser apresentada pelo procurador-geral da Justiça do Rio, Eduardo Gussem.

Entretanto, na visão dos procuradores, a apresentação da denúncia não será afetada, uma vez que não incidirá sobre a tramitação da investigação, já concluída, com os atos criminosos praticados já expostos na peça.

Em junho, o foro especial foi concedido ao filho do presidente da República, mas foi questionado pelo Ministério Público do Rio no STF. O caso aguarda julgamento.

Ainda, de acordo com Bela Megale, a eleição do próximo procurador-geral de Justiça do Rio, que ocorre no final deste ano, pode contar com a interferência do Planalto, uma vez que o atual governador interino do Rio, Cláudio Castro, já consultou a família Bolsonaro sobre a indicação.

“Integrantes do MP do Rio avaliam que o processo de Flávio Bolsonaro está se refletindo na eleição interna”, anotou.

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora