MPF vaza dados sobre sogra de Lulinha mas não diz qual é o crime

Foto: Agência Brasil
 
 
Jornal GGN – O Estadão, seguido pelo O Globo, divulgaram no final de semana uma notícia sobre a sogra de Lulinha ter “repassado dinheiro para empresa ligada a operador do petrolão”.
 
Segundo as reportagens, os dados foram levantados pelo Ministério Público Federal, que fez um pente fino na movimentação financeira da SM Terraplanagem, empresa ligada a Adir Assad e que teria sido usada pelo doleiro para lavar dinheiro de empresas como UTC Engenharia, Delta Construções e Galvão Engenharia, disse O Globo.
 
De acordo com os jornais, o MPF apontou que, no total, a sogra do filho de Lula e sua empresa Geobase, no total, “repassaram R$ 252 mil” para a SM.
 
Nenhum dos dois jornais explicaram qual a intenção do Ministério Público em vazar esse dado. Tampouco informaram se a sogra de Lulinha e a Geobase agora são investigadas e sob qual suspeita.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

3 comentários

  1. Pra desviar a atenção do

    Pra desviar a atenção do desvio deles, cobrança de proteção como da Máfia aos doleiros, lá vem Lula de novo. 

  2. Sogra do

    Sogra do lulinha???????????????????? O MPF vazou dados da sogra do Lulinha, é isso mesmo??????? Parece que tem gente na porta dos desesperados, não é mesmo???? Dá pra levar uma instituição dessas à sério?

  3. Se a família do Lula respira

    Se a família do Lula respira é crime.

    Mas duvido de qualquer investigação desta polícia política assim como deste mpf político que de brasileiro só tem os fantoches.

     

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome