Mutirão Lula Livre esclarece Fake News da Lava Jato este fim de semana

Entre as informações que serão desmascaradas, a Campanha irá abordar a atuação de Sergio Moro, ex-juiz da Lava Jato e hoje ministro

Jornal GGN – O movimento Lula Livre organiza o primeiro mutirão em diversos estados do país, neste final de semana. Voluntários ligados a comitês de diversos estados vão às ruas para combater as chamadas Fake News e esclarecer as inconstitucionalidades que envolvem os processos contra o ex-presidente Lula.

“O objetivo da Campanha Lula Livre é denunciar que o ex-presidente é um preso político, vítima de um processo sem mentiroso e sem provas. Com o passar do tempo, vai ficando mais e mais evidente que a Lava Jato foi colocada em curso por um grupo com interesses políticos e que defende os interesses de alguns grupos econômicos. Basta ver que Sergio Moro tornou-se ministro da Justiça e levou para sua pasta diversos integrantes da força-tarefa de Curitiba”, disse o grupo, em comunicado.

Mais de 15 estados do Brasil recebem atividades programadas pelo movimento, que será o primeiro de outros mensais ao longo do ano, com o objetivo de combater as Fake News contra Lula, e são organizadas pelos comitês de cada região.

Em nota, a Campanha Lula Livre nega que as ações foram planejadas para ocorrer na mesma data das manifestações em defesa do governo de Jair Bolsonaro. “O mutirão está sendo planejado há mais de um mês, antes que fosse cogitada qualquer possibilidade de realização dos protestos pró-governo”, informou.

Entre as informações que serão desmascaradas, a Campanha irá abordar a atuação de Sergio Moro, ex-juiz da Lava Jato e hoje ministro: “Moro apoia a política de (in)segurança defendida por Bolsonaro que libera armas para quem puder comprar, ajudando a armar milícias e apoiando a indústria de armamentos. A atuação de Moro não tem nada a ver com o combate a corrupção, nunca teve. Mesmo assim, ele se tornou símbolo de “boas intenções” para algumas parcelas da sociedade que foram mal informadas pela grande mídia. Desmascarar a farsa montada por Sergio Moro na condenação de Lula e como o país sofre as consequências desse processo é o objetivo dos mutirões.”

Abaixo, confira a programação:

Em Alagoas – a militância vai colocar um mini-trio elétrico na Parada do Orgulho LGBT de Maceió, das 15 às 19h com concentração em Alagoinha. Terá ainda panfletagem em Arapiraca e estão sendo planejadas outras ações que dialoguem com os festejos juninos.

No Pará – A Caravana Lula Livre com Haddad faz o trabalho de base junto aos estudantes e com caminhadas para diálogo com a população de Belém. Haverá, como nas outras caravanas este ano, plenárias amplas nas Universidades.

Em Sergipe – Tem mutirão Lula Livre, no sábado, 25, a partir das 14h, na avenida Barão de Maruim, 704, em Aracaju, em defesa da educação pública; .

No Piauí – Já foi realizada uma Caravana Lula Livre e novas ações estão apontadas para os dias 25 e 26; Também já planejam levar a campanha pra os festejos juninos.

Em Minas Gerais – Serão feitas atividades nas periferias, como pinturas de muros, conversas e distribuição de materiais.

No Rio Grande do Sul – Serão colocadas faixas nos viadutos da capital e rodovias no sábado. Domingo será no Brique da Redenção com conversa com a população, entrega de material e atividades artísticas das 10 às 13h.

Em Santa Catarina – Já temos informações de que em Chapecó e Lages haverá ações.

No Espírito Santo – O tradicional café e roda de conversa na praia deve levar animação novamente às ruas de Vitória.

No Distrito Federal – Terá ato político cultural na Praça do Relógio – Taguatinga, 24/05 16h e já estão previstas ações de diálogo com a população em Sobradinho, Paranoá, Santa Maria, São Sebastião, Cruzeiro, na Asa Norte e no Plano Piloto.

No Rio Grande do Norte – Haverá panfletaço e bandeiraço, dia 25, na Praça Kennedy, em Natal, de 8 às 12horas. No domingo tem Ato em Ponta Negra, na Zona Sul de Natal e na Ponte da Praia da Redinha. Em todo o estado são planejadas ações de olho no olho.

Em São Paulo – já estão previstas atividades na capital, em Campinas, Guaratinguetá e Mogi das Cruzes. Confira:

São Paulo (Capital) –No sábado 25, às 9h, o Comitê Popular Lula Livre Z/O e o Coletivo CorAção Lula Livre promovem panfletagem no Vão Livre do Masp. Já no domingo 26 teremos panfletagem na feira-livre da COHAB Raposo às 11h (ponto de encontro no estacionamento do Sacolão Oba da Av. Corifeu) onde os companheiros vão convocar a população pro ato em defesa da Educação no dia 30, para o Festival Lula Livre dia 2 de junho e pra greve geral do dia 14, contra o desmonte da previdência social. Também haverá panfletagem e adesivaço na Avenida Paulista, conversando com a população no domingo, 26. Ainda no domingo, no Jabaquara, a Feirinha de São José recebe ato em Defesa da Educação, da Previdência e de Lula Livre a partir das 9h;

Campinas: Dia 25, às 9 horas, ação na Praça da catedral centro de Campinas e na Praça Concórdia, região Campo Grande.

No dia Dia 26, diálogo na Feira do Rolo no Campo Belo.

Guaratinguetá (SP) – Diálogo na feira no dia 26 de manhã. Vai ter uma mesa  com café e bolo chamando as pessoas para conversar com um cartaz com a chamada: “Vamos conversar sobre o julgamento de Lula”. Além de distribuição de material impresso com dados sobre Lula.

Mogi das Cruzes: Sábado, 25, às 9h, no Largo do Rosário, haverá panfletagem de filipetas convidando para o Festival Lula Livre, além de distribuição de adesivos, fitinhas de pulso. Esta planejada também uma ação “Escreva um postal para Lula”, além de  muita conversa e tira-dúvidas sobre a Reforma da Previdência – com coleta de assinaturas.

No domingo, dia 26, das 11h às 16h Na Praça São Benedito, será feita panfletagem e muita conversa no Encontro de Violas e Violeiros.

Tocantins – Na sexta-feira, 24, às 19h, o movimento junto com os sindicatos ligados à CUT farão debate com a presença do Consulado de Cuba sobre a Revolução Cubana e Lula Livre. Local: SINTET

Pernambuco – No domingo, 26, de 8h às 9h30, na Praça do Derby, terá um café da manhã coletivo com direito a Bom Dia Presidente Lula e participação de representantes do Comitê Lula Livre -Justiça e Luta.

9h30 – saída do Pedal pela ciclofaixa do Recife com as bandeiras Lula Livre

10h30 – chegada em Brasília Teimosa para empinar a pipa Lula Livre gigante. O ato tem a participação dos companheiros da região e o apoio do Coletivo 13.

Paraíba – O mutirão organizado pelo Comitê Estadual Lula Livre PB será no domingo, 26, na Feira de Oitizeiro, a partir das 7h.

Rio de Janeiro – No sábado 25,  capital carioca terá banquinha e panfletagem na Tijuca, filme e debate na Penha, abaixo-assinado e conversa em Bangu e banquinha e panfletagem no Largo do Machado.

No Ceará – O Ceará aproveitou para incorporar a lógica do Mutirão Lula Livre de forma permanente e num prazo mais longo. Confira as ações que se iniciam neste mês e vão até junho:

  • 23/05 – Tribuna Livre às 10h na Praça do Carlito Pamplona
  • Panfletagem na feira do Sítio São João às 8h30 na Av. Valparaíso Com Rua 4 – Sítio São João
  • 24/05 – Lançamento do Comitê do Centro às 20h
  • Reunião Do Comitê MDCPC, 20h Rua Rodrigues Jr.
  • 25/05 – Inauguração do Comitê Lula Livre na Granja Portugal, às 17h
  • Inauguração do Comitê Lula Livre na Granja Portugal às 17h
  • 26/5 – Festival Lula Livre em Crateús
  • Atividades em Fortaleza:
  • 28/05 – Reunião do Comitê de Cultura #LulaLivre às 19h na Livraria Lamarca
  • Mulheres #LulaLivre às 8h na Praça da Justiça
  • Tribuna livre às 8h nas Ilhas do Rodolfo Teófilo
  • Panfletagem às 16h30 no Terminal do Antônio Bezerra
  • 29/05 – Tribuna livre às 17h na Vista do Castelo
  • Reunião Mulheres por Lula Livre às 18h Sede do PT
  • 30/05 – Ação #LulaLivre às 15h na UNILAB/Redenção
  • Ação #LulaLivre no Segundo Dia Nacional em Defesa da Educação
  • 2/06 – Ação #LulaLivre às 18h no Genibaú
  • 4/06 – Reunião do Comitê de Cultura #LulaLivre às 19h na Livraria Lamarca
  • Mulheres #LulaLivre às 8h na Praça da Justiça
  • 6/06 – Tribuna livre às 14h na Fabrica Grendene
  • 7/06 – Panfletagem às 14h30 na Fábrica Grendene
  • 8/06 – Ação #LulaLivre ás 9h no Condomínio Gregos/ Caucaia
  • 11/06 – Reunião do Comitê de Cultura #LulaLivre às 19h na Livraria Lamarca
  • Mulheres #LulaLivre às 8h na Praça da Justiça
  • 13/06 – Tribuna livre às 13h na Fabrica Vulcabras
  • 14/06 – Greve Geral da Classe Trabalhadora
  • 15/06 – Festival Cultural Lula Livre a partir das 12h na Praça do Ferreira
  • 18/06 – Reunião do Comitê de Cultura #LulaLivre às 19h na Livraria Lamarca
  • Mulheres #LulaLivre às 8h na Praça da Justiça
  • 19/06 – Tribuna livre às 16h na Praça do Ferreira
  • 22/06 – Inauguração do comitê Lula Livre às 16h na Rua Mandu, 1476 – Jardim Jatobá
  • 23/06 – Inauguração do Comitê da Granja Lisboa às 13h
  • 25/06 – Reunião do Comitê de Cultura #LulaLivre às 19h na Livraria Lamarca
  • Mulheres #LulaLivre às 8h na Praça da Justiça

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

6 comentários

  1. é preciso ampliar essa ideia de desmascaramento com as informações do conluio entre o judiciário brasileiro/parte do mpf aliás lava-jato e o departamento de estado norte-americano, como já denunciado em várias materias levantadas pelo cgn, por exemplo….

  2. Fake News é a figura que teimam em criar a respeito de Lula com a teoria da vitimizacao dele….
    A história dirá a verdade e a grande farsa e mentira cairá por terra e o teatro montado por Lula e o PT assim como aconteceu com o ex presidente Collor que tbm pregou que estava sendo perseguido e jogou a culpa toda num morto (PC FARIAS)..só que lugar joga a responsabilidade em cia da ex dama Marisa…esperto né?

  3. A história resgatará a verdade. Mas as evidências da atuação política do judiciário e o tratamento excepcional dado a Lula ultimamente deixam uma hipótese contunde: Moro não é honesto.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome