O bolão do Supremo

Nassif, saiu a aposentadoria do Eros Grau:

http://www.stf.jus.br/portal/cms/verNoticiaDetalhe.asp?idConteudo=157089

Sei que já esquentamos os tamborins aqui com a sucessão dele, mas que tal discutirmos novamente o processo, agora que a imprensa vai se encher de balões de ensaio?

Os eventos já levantados aqui foram:

i. A lista da AJUFE, com destaque para Fausto Martin de Sanctis e Teori Zavascki.

ii. Os eternos candidatos, como Luiz Roberto Barroso.

iii. A questão das classes jurídicas sub-representadas no STF. Os juízes federais tentam puxar a brasa para a sardinha deles, mas há outros grupos de operadores do direito sem membros no STF, como advogados militantes, ministros do STJ e, uma classe de que ninguém quase se lembra, os defensores públicos da União (aliás, eles mereceriam uma postagem só para eles, são verdadeiros franciscanos do direito). Fiz um apanhado dessas considerações aqui.

iv. A questão de quem seria uma indicação brilhante (ou seja, a escolha ideal sem considerações políticas), em contraste com o exercício de futurologia (tentar adivinhar quem efetivamente poderá ser indicado com base na realidade política e no acesso que os postulantes tenham aos interlocutores de Lula).

Pessoalmente, não creio que haja indicação melhor – sou leigo, baseio-me em currículos e no pouco que li a respeito – do que Teori Zavascki, que é juiz federal de origem, ministro do STJ e catedrático ao mesmo tempo.

Que tal fazermos um novo bolão do STF? Será a última indicação de Lula. 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome