Partido Frente Favela Brasil protocola denúncia contra Waack


Foto: Reprodução
 
Jornal GGN – O partido Frente Favela Brasil (FFB) decidiu entrar com uma ação, por meio do Ministério Público Federal do Rio de Janeiro, contra o jornalista William Waack, pela declaração racista do apresentador durante um vídeo vazado na última terça-feira (08).
 
Nesta sexta (10), o partido decidiu protocolar uma denúncia, na forma de notícia crime, contra o jornalista. Em nota, a sigla disse que “se vê obrigado a realizar esse tipo de ação, para reafirmar sua luta diária por uma sociedade sem ódio racial, sem preconceito, sem discriminação de cor, classe social, gênero, orientação sexual e crença religiosa”. 
 
“Tomamos a decisão de acionar o nosso Departamento Jurídico, porque o Frente Favela Brasil entende que não cabe mais esse tipo de fala. Isso é inadmissível em todas as esferas da sociedade, vindo de um formador de opinião em uma das principais emissoras de televisão se torna mais grave ainda. Não podíamos ver aquele vídeo e ficarmos parados”, disse Wanderson Maia, co-presidente do Frente Favela Brasil.
 
 
 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora