Petrobras quer que presidente do PT devolva R$ 1 milhão aos cofres da estatal

Foto: Agência Senado

Jornal GGN – A Petrobras solicitou ao relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal, ministro Edson Fachin, que a senadora e presidente do PT, Gleisi Hoffmann, seja condenada a devolver aos cofres da estatal cerca de R$ 1 milhão, fruto de suposto desvios.

Segundo reportagem de O Globo, Fachin pediu que a Procuradoria Geral da República se manifeste sobre a solicitação da Petrobras. Até a tarde desta segunda (11), a PGR – que pediu a condenação de Gleisi, junto com a perda de mandato – não havia respondido.

Nesta ação penal, a senadora petista, o ex-ministro Paulo Bernardo e o empresário Enersto Kugler são acusados de operar um esquema que desviou R$ 1 milhão da Petrobras.

A acusação sustenta que Paulo Bernardo pediu o montante ao ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa, com o objetivo de abastecer a campanha de Gleisi ao Senado, em 2010. Quem recebeu os recursos, em quatro parcelas, teria sido Kugler, por intermédio do doleiro Alberto Youssef.

A senadora nega as acusações e aponta que a ação penal foi totalmente forjada apenas com base em delações premiadas.

Além de pedir a condenação dos réus, a PGR demandou o pagamento de uma multa de R$ 4 milhões, o equivalente a 4 vezes o valor que teria sido desviado.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora