PF encontra bloqueador de sinal ilegal na casa de Aécio, mas ele nega uso

Foto: Agência Senado

Jornal GGN – A Polícia Federal enviou, no ano passado, um memorando ao Supremo Tribunal Federal informando que na busca e apreensão na casa do senador Aécio Neves (PSDB), foi encontrado um aparelho bloqueador de sinal telefônico que é ilegal. O Estadão divulgou nesta quinta (15) a resposta do tucano, alegando, por meio de advogados, que nunca usou o instrumento em sua residência particular.
 
Segundo o jornal, o bloqueador encontrado é proibido pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) porque ele praticamente elimina o funcionamento de aparelhos com serviço 2G e 3G.
 
“A luz indicativa de energização na porção superior do aparelho ligou, indicando funcionamento. A eletrônica presente e os elementos de antena sugerem o uso do aparelho para a geração de ruído de radiofrequência para causar interferência nos sinais de redes de comunicação móvel celular, objetivando a indisponibilidade de serviço (bloqueador de celular). O perito ligou o aparelho e com auxílio de analisador de espectro constatou a produção de sinal de radiofrequência (RF) nas faixas utilizadas pelos serviços de móvel pessoal (SMP) correspondendo aos serviços ‘2G’ e ‘3G’”, descreveu o perito da PF.
 
A defesa de Aécio escreveu, em nota ao jornal, que “desconhece se o aparelho estava ou não apto para uso, uma vez que ele nunca o utilizou, assim como não utilizou nenhum outro equipamento semelhante”.
 
“O aparelho foi um presente e encontrava-se guardado com outros presentes recebidos. O senador desconhecia tratar-se de equipamento de uso limitado. Reportagens mostram o uso corriqueiro desses equipamentos em igrejas e salas de aula, o que demonstra que o mesmo não teria qualquer utilidade em uma residência particular”, afirmou o advogado Alberto Zacharias Toron.
 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

16 comentários

    • Fumei mas não traguei X Só dei um trago

      Quem disse que fumou mas não tragou foi FHC.

      A revelação de que só havia dado um único trago em toda a sua vida foi feita por Bill Clinton.

      Aécio e Perrella juram que nunca roubaram dinheiro público para benefício próprio e disseram: “Nós só traficamos pó”.

  1. é um exagerado: órgãos e membros da “repressão” já o bloqueiam

    aliás, o país é o que é pois tem muita gente a lhe bloquar melhorias. Se preocupe não senador pois quem faz parte dos lapidadores das minas gerais e diversas da riqueza nacional, tem muitos comparsas a se lhes defender

  2. FHC comprou vibrador com o cartão corporativo

    Mas ele negou o uso.

    Esses Bucéfalos ijamais confessariam suas maracutaias.

    Eu tenho duas metralhadoras das forças armadas russas lá em casa, mas eu não as uso.

  3. Me engana, que eu gosto.

    Para ver o que vai (mas principalmente o que NÃO VAI) acontecer com o (ainda) senador Aécio Cunha, basta verificar o caso de Eduardo Azeredo – tucano como Aéciio Cunha, com muito mais competência gerencial e administrativa e muito menos corrupto que o neto de Tancredo Neves – e o desfecho que terá, a partir de setembro, quando Azeredo completa 70 anos e os crimes pelos quais foi acusado e condenado prescreverão. De um STJ corrompido e acanalhado não  se espere que nos próximos 5 meses julgue os recursos interpostos pela defesa do ex-governador de MG contra a sentença do TJ-MG, que embora tenha mantido a condenação de 1ª instância, reduziu-lhe a pena, diminuindo assim o prazo prescricional dos crimes pelos quais foi condenado.

    Pelo exposto acima, que já analisei em comentários e artigos anteriores, fica claro que o máximo que pode acontecer com tucanos graúdos é a ‘morte política’. Nem Azeredo, nem Aécio nem qualquer outro tucano de alta plumagem JAMAIS foi ou será encarcerado ou terá bens e patrimônio confiscados. O arquivamento de denúncias e destruição de provas de crimes cometidos por FHC e José Serra, por exemplo, são PROVA CABAL disso.

    Essa pseudo-investida contra Aécio Cunha é apenas um disfarce, uma máscara de isenção para a Fraude a Jato e outras máfias judiciárias controladas pelo PSDB. Esse fingimento, essa hipocrisia, pode convencer os coxinhas e manifestoches, mas não os cidadãos atentos, críticos e observadores.

  4. Aécio Neves comprou um

    Aécio Neves comprou um aparelho que deve custar caro e nem sabia que tinha ele em casa. Nunca usou. Hehehe. Morre sufocado, mas morre mentindo que não foi ele…

  5. Rapaz… que explicaçãozinha

    Rapaz… que explicaçãozinha mais sem vergonha da peste! Vigi mãe do céu!  A desculpa esfarrapada resulta num acochambrarmento tão malfeito e inverossímil que dá vontade chorar. PqP!

    Esse aecinho. Não há quem o faça tomar jeito de gente na vida. O sujeito é um cafajeste sestroso e muito descarado. A quem teria puxado, essa desgraça?

    Se bem que o pai da miseria, dizem, não era lá flor que se cheire. E, pelas estrepolias nas quais a irmã andou se envolvendo, o trem é bichado, e vem de longe…

    Orlando

  6. o Aócio(DEPENDENTE CÍNICO DAS

    o Aócio(DEPENDENTE CÍNICO DAS DROGAS DA DISSIMULAÇÃO E DO ENGODO) o político mais NEFASTO e CANALHA que Minas já produziu segue fiel a uma das máximas de seu vovô velhaco: “Diante de provas irrefutáveis, alegue que são falsas.”  Aliás, sobre o “vovô velhaco”, me basta o que disse o saudoso Henfil; “Ao invés da caneta do Getúlio o Tancredo deveria ter herdado o revolver.”

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome