Presidente do Bradesco é indiciado na Operação Zelotes

Jornal GGN – Luiz Carlos Trabuco Cappi, presidente do Bradesco foi indiciado pela Polícia Federal por crimes como tráfico de influência, corrupção ativa e passiva, lavagem de dinheiro e organização criminosa. Outras nove pessoas também foram indiciadas no âmbito da Operação Zelotes. As informações foram coletadas pelo Valor PRO.

O inquérito corre em segredo de Justiça e foi remetido ao Ministério Público Federal. A Zelotes é a operação da PF que apura a manipulação em julgamentos do Carf – Conselho Administrativo de Recursos Fiscais, em que grandes contribuintes pagariam propina para reverter as decisões desfavoráveis a eles.

No começo da Operação, foram identificados 74 procesos no Carf que mereciam uma análise mais acurada por suspeita de pagamento de propina, sendo que 12 carregavam fortes indícios de corrupção. O Bradesco é parte de um desses processos.

O MPF vai, então, avaliar o material para poder decidir se é preciso novas diligências. Depois decidirá se oferece denúncia, ou não, contra os acusados, que podem ser tods, alguns ou mesmo pedir a inclusão de novas pessoas em eventual denúncia.

Com o indiciamento, as ações do Bradesco lideraram as perdas do Ibovespa e o papel Bradesco PN fechou em queda de 5% e Bradesco ON caiu 3,36%.

Em nota, o Bradesco negou qualquer participação ou negócio com o grupo investigado pela PF na Operação Zelotes. Ainda em nota, o banco informou que Trabuco não fez parte de nenhuma reunião com tal grupo acusado de cobrar propina e que foi derrotado por seis votos a zero no julgamento do caso em questão.

O mérito diz respeito a uma ação vencida pelo Bradesco na Justiça, no questionamento da cobrança adicional do PIS/Cofins. A ação foi tema do recurso feito pela Procuradoria da Fazenda no Carf, segundo a nota do banco. E diz ainda que irá apresentar seus argumentos juridicamente por meio de seus advogados.

Quando o caso apareceu, no ano pasado, o Bradesco informou que os consultores do grupo citado na acusação foram recebidos pelo vice-presidente do banco, Domingos Abreu, e também pelo diretor-executivo, Luiz Carlos Angelotti, mas os serviços não foram acatados.

Com informações do Valor

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

23 comentários

  1. “… em segredo de Justiça…”

    O processo desse pessoal sempre corre em segredo de justiça… tanto segredo, tanto que desaparecem.

    Um ex-presidenrte da rbs  tinha um processo, creio que por remessa ilegal de dinheiro… em segredo claro. Alguém sabe que fim levou… falei “fim”?  falei bem.

    Se é verdade não sei, li aqui:

     

    http://polibiobraga.blogspot.com.br/2011/02/blogs-repercutem-noticia-sobre.html

     

    E olha que esse tal de Prolibrio é figurinha marcada do anti-petismo aqui pelo RGS.

  2. Nassif, é TERRA ARRASADA, os

    Nassif, é TERRA ARRASADA, os americanos, fora de seu país, só andam sobre ruínas.

    Como ę q pode um grupelho de coxinhas, pagos a peso de ouro pelo Estado Brasileiro, desmontar a 7a Economia do Mundo? Sob a alegação facciosa q estão limpando o país.

    O empresariado achando bonito, a classe merda aplaudindo. Os políticos achando bonito ou acuados. O Judiciårio, Procuradores da República e PF achando q todo mundo vai se f……., menos eles. Que elite estúpida e ignorante é essa, Pelo Amor de Deus!

    • O “Projeto de Poder”

      O “Projeto de Poder” desse pessoal é o de sempre, o projeto colonial: extrativismo (plantação e mineração) e o estamento burocrático (e algum comércio e serviço sendo puxado à reboque), todos felizes gastando dinheiro lá fora imitando os metropolitanos.

      O resto é servo ou escravo. Um tanto de religião ajuda.

      Mas, um detalhe: esse pessoal aí não é o da república de Curitiba, não. Faltam informações sobre eles…

  3. Indiciado. Tá bom. Daniel

    Indiciado. Tá bom. Daniel Dantas foi condenado. Eduardo Azeredo. Pimenta da Veiga. E mais um monte de amigos do PIG. Todos os que roubaram da Petrobrás foram soltos pelo juiz da globo, ficaram apenas os petistas presos. Aécio tá solto, Cunha tá solto, a esposa do Cunha, a irmã do Aécio, Youssef, Cerveró, Pedro Barusco, os diretores da Andrade Gutierrez, os diretores da Odebretch,  Delcídio (tucano infiltrado), André Esteves, Álvato Botox, Anastasia, até o Carequinha que dedurou o Anastasia. E, logo mais, o Marcelo Odebretch, que já deve ter entrado em acordo pra dizer que o que deu para o PT era propina, mas para o pósdb foi por amor ao Brasil.

    É isso que chamam de justiça? Ainda tem gente que acha que acabou a impunidade dos ricos e poderosos? Ah “cidadão”, vá te catar. E leve o Moro com você.

  4. E a firma Globo?
    Não fosse

    E a firma Globo?

    Não fosse pela opinião pública, que cada vez mais se informa mesmo é através de blogs e alternativas, diria que talvez pudesse surgir, como foi no fim da ditadura de ’64, uma anistia ampla, geral e irrestrita à corrupção. A noção de que, afinal, todos eram corruptos está cada vez mais clara… Será?

  5. Prenderam preventivamente o

    Prenderam preventivamente o presidente do Bradesco? Foi conduzido coercitivamente? Não? Ahh…então já sabemos como vai acabar…do mesmo jeito que o Daniel Dantas…!

  6. Uma das maiores empresas

    Uma das maiores empresas do Brasil o Bradesco, agora corre o risco de ser fechada, como fizeram com a Odebrecht. Uma empresa trilhonária que se fechar, dará uma queda de PIB de pelo menos 1 trilhão de reais, um quinto do PIB, 20% da nossa economia.

    Por fim, só quem tiver mudado sua matriz para o exterior sobreviverá.

    Está explicado por que a Lava Jato não parou. A missão deles é abater todas as empresas nacionais que negociaram com o PT. Não sobrará nenhuma.

    Os americanos devem estar dando pulinhos de alegria.

  7. Não vai dá em nada.
    Estão

    Não vai dá em nada.

    Estão apenas fingindo que o país mudou, que ninguém está acima da lei.

    Estão apenas preparando o terreno para o Gran Finale

    Vão enganar o carvalho ! Lê direito, eu disse Carvalho. 

    • Já deu, as ações do Bradesco

      Já deu, as ações do Bradesco cairam hoje 4% por causa da noticia, perda de mais de R$ 3 bilhões em valor de mercado.

  8. Indiciamento de um banqueiro

    Indiciamento de um banqueiro é algo extraordinariamente serio já que afeta a instituição que depende exclusivamente de confiança, é mais grave que indiciamento de um empresario da economia produtiva.

    Há muita nebulosidade no tema CARF, inclusive aqui no blog. Alguem autuado pela Receita recorre ao CARF porque tem razões para achar que a autuação é injusta, há muitas autuações meramente interpretativas onde a Receita tem uma opinião e o contribuinte tem outra, não significa ainda que o contribuinte é sonegador ou devedor, como aqui muitas vezes se trata.

    No caso de André Estaves preso por mero falatorio do Delcidio obanco sofreu fortissimo abalo.

    Na onda punitiva que assola o Pais parece que as corporações de controle não estão nem ai para danos à economia.

    • Ditadura Jurídica

      Vc tem razão, sou de esquerda, mas, pelo pouco que conheço do Bradesco jamais

      entraria em um risco destes. Saum muito conservadores…Já vivemos em uma

      ditadura jurídica policial e isto foi soh mais uma ação de demonstrava de força.

    • Primeiro mata, depois pergunta…

      Concordo com você, André.

      Pelas graves consequências o processo deveria correr em segredo.

      Porém, estamos vivendo tempos em que a judiciário (promotores, juízes, desembargadores…) e sua polícia são os donos do Brasil.

      Os assassinatos de reputação estão no mesmo barco…

  9. Inimagináveis as consequências

    Cagada federal do Bradesco. 

    Os dois diretores não podiam sequer ter se encontrado com os “vendedores de absolvição”. Antes de se ruinir tinham que ter investigado o trabalho dos caras, do que realmente se tratava.

    E se foram pegos de surpresa pela oferta, tinham que ter denunciado-os às autoridades competentes.

    Isso se a versão da recusa for verídica. Se for mentira, nem quero pensar.

    Banco, por maior e mais estável que seja, pode quebrar por simples desconfiança dos clientes. E numa fase dessas que o país vive, pior ainda.

  10. Selic

    será que esta é uma nova tática do Governo para negociar a Selic e forçar o mercado para abaixar os Juros?

    A reunião do COPOM é terça feira, só pode ser isto.

  11. https://jornalggn.com.br/notic

    https://jornalggn.com.br/noticia/o-processo-de-desmonte-do-capitalismo-brasileiro-por-andre-araujo

    O desmonte do capitalismo brasileiro segue seu curso. O BRADESCO é o mais nacional dos bancos privados,

    o ITAU é internacionalizado e muito mais conectado com o sistema financeiro internacional, o SAFRA eo SANTANDER

    são completamente internacionais.

    As empreiteiras nacionais eram o CENTRO do capitalismo brasileiro, TODAS

    sob violento ataque visando sua destruição.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome