STF julgará suspeição de Moro hoje

Como esperado, o ministro Gilmar Mendes incluiu na pauta de julgamento de hoje do Supremo Tribunal Federal (STF) a suspeição do ex-juiz Sérgio Moro na Operação Lava Jato.

Agência Brasil

Jornal GGN – Como esperado, o ministro Gilmar Mendes incluiu na pauta de julgamento de hoje do Supremo Tribunal Federal (STF) a suspeição do ex-juiz Sérgio Moro na Operação Lava Jato.

A medida ocorre um dia após o relator da Operação no Supremo, Edson Fachin, derrubar todas as condenações de Lula na Vara Federal de Curitiba e seus recursos, entre eles a que questionava a parcialidade do então juiz de Curitiba.

Logo após o despacho de Fachin, ministros indicaram que não iriam desistir do julgamento contra Sérgio Moro. Gilmar Mendes considerou que a suspeição de Moro deve ser analisada pela Corte, mantendo o Habeas Corpus ingressado pela defesa do ex-presidente Lula contra o juiz.

O caso está sendo julgado pela Segunda Turma do Tribunal. Até agora, o próprio ministro Fachin e a ministra Carmen Lúcia votaram contra a suspeição do ex-juiz. Faltam votar Ricardo Lewandowski e Gilmar Mendes, que devem votar contra Moro, e Nunes Marques, que tende a acompanhar os dois últimos ministros, o que consideraria, assim, o ex-juiz da Lava Jato suspeito e parcial.

A sessão plenária das Turmas do STF tem início às 14h. Juntamente com o Habeas Corpus contra Sérgio Moro, estão previstos outros dois julgamentos nesta terça.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora