Suíça já bloqueou R$ 3 bilhões em contas secretas por causa da Lava Jato

Foto: Lula Marques

 
Jornal GGN – A Suíça congelou cerca de R$ 3,08 bilhões (1 bilhão de francos suíços) em contas de pessoas investigadas na Operação Lava Jato, segundo informações de Jamil Chade, no Estadão desta quinta (5).
 
Segundo a reportagem, em 2016, o Ministério Público de Berna abriu 20 novos inquéritos criminais envolvendo brasileiros, após análise de mais de mil relações bancárias. No total, há pelo menos 60 casos em apuração.
 
“O MP, portanto, coletou e examinou de forma mais profunda os documentos bancários relacionados com mais de mil relações bancárias”, indicou. “Até o presente, os valores patrimoniais de mais de 1 bilhão de francos suíços (após conversão) foram congelados”, constatou a procuradoria.
 
Em abril do ano passado, a Suíça havia informado que congelou 800 milhões de dólares (cerca de 802 milhões de francos suíços) por conta investigação que começou na Petrobras.
 
Desse total, cerca de 200 milhões de francos suíços foram restituídos às autoridades brasileira. Se Eduardo Cunha voltar a ser condenado, diz o jornal, os valores em suas contas na Suíça serão devolvidos às autoridades brasileiras.
 
Leia mais.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora