Temer decreta uso do Exército para garantir a “lei e ordem” em Brasília

Foto: Lula Marques/PT

Jornal GGN – Atingido pela delação da JBS à Lava Jato, Michel Temer determinou o uso das Forças Armadas para a manutenção “da lei e da ordem” no Distrito Federal. O decreto alterando o papel do Exército vale por 7 dias (de 24 a 31 de maio) e foi publicado nesta quarta (24), dia em que Brasília é palco de protestos por Diretas Já e contra as reformas impopulares.

Há cinco dias, o presidente este reunido com o comando das Forças Armandas para discutir “conjuntura atual “. “No encontro foi destacada a unidade de pensamento das Forças e a subordinação perene aos ditames constitucionais. O general Villas Bôas, Comandante do Exército, reafirma que a atuação da Força Terrestre tem por base os pilares da estabilidade, legalidade e legitimidade”, disse a corporação, em nota.

Os protestos em Brasília foram convocados por movimentos sociais e centrais sindicais. Os organizadores falaram em 200 mil participantes. A Polícia Militar local, em 20 mil, segundo o Correio Braziliense. Participante foram feridos pela ação ostensiva dos PMs.

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora