O “terrivelmente evangélico” André Mendonça será sabatinado ao STF na próxima semana

O presidente da CCJ agendou a sabtina de André Mendonça, o "terrivelmente evangélico" escolhido por Bolsonaro ao STF

Foto: Divulgação

Jornal GGN – André Mendonça, o “terrivelmente evangélico” escolhido por Jair Bolsonaro ao Supremo Tribunal Federal (STF), será sabatinado pelo Senado na próxima semana. O presidente da CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), agendou a sabatina, apesar da ainda resistência interna do Senado.

O ex-ministro André Mendonça foi indicado pelo presidente Jair Bolsonaro a uma vaga na Suprema Corte. Apesar da indicação ser uma garantia do presidente da República, o candidato precisa ser aprovado pela maioria dos senadores da CCJ, em votação.

Até o momento, a principal interessada na aprovação do candidato – a bancada evangélica – contabilizou o apoio de 43 dos 81 senadores da Comissão.

Já o próprio presidente da CCJ, que é contrário à escolha de Mendonça, calculou 49 votos contra o indicado de Bolsonaro, do total de 81 parlamentares.

Com o resultado apertado, a própria bancada evangélica admite que o resultado será “imprevisível”, segundo informou Monica Bergamo, em coluna na Folha.

O senador Davi Alcolumbre (DEM-AP) disse que irá realizar uma reunião, nos próximos dias, com interessados e membros da comissão para decidir o relator da votação sobre a indicação de André Mendonça.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

1 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

AMBAR

- 2021-11-24 18:03:30

O aspirante a ministro, após longo jejum, pranto e ranger de dentes no monte das ofertas, de rosto em terra e joelho no milho, conseguiu finalmente marcar a sua sabatina. De peruca nova, seguindo os rituais da casa, segue esperançoso na vitória. Ai de nós, pobres mortais nas mãos de um ministro que se funda da bíblia para julgar processos e limpa " la bunda " com a constituição.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador