TRE-RJ aprova inelegibilidade de Crivella por unanimidade

Defesa afirmou que irá recorrer da decisão para que o político participe do pleito

Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

Jornal GGN – O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (Republicanos), está inelegível por decisão unânime do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RJ). O julgamento sobre o tema foi retomado nesta quinta-feira, 24 de setembro, e contabilizou 7 votos contra o político.

A votação tinha sido interrompida, com um placar de 6 a 0, na última terça-feira por um pedido de vistas do desembargador Vitor Marcelo Rodrigues, que argumentou ter tido pouco tempo para estudar o tema, já que ele foi nomeado no TRE em 31 de agosto por Jair Bolsonaro (sem partido).

A ação que pede a inelegibilidade de Crivella foi movida pelo PSOL e pela Procuradoria Regional Eleitoral (PRE). O político é acusado de abuso de poder político e conduta vedada durante evento na Comlurb em que Marcelo Hodge Crivella, filho de Crivella, foi apresentado como pré-candidato a deputado.

Com a decisão do TRE, o prefeito fica inelegível nesta eleição, a não ser que a situação seja revertida no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O advogado de defesa de Crivella, Rodrigo Roca, pediu uma questão de ordem no início da sessão, que não lhe foi concedida. No entanto, a defesa deverá recorrer da decisão para que o político participe do pleito.

Com informações do G1.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora