Youssef nega repasse de R$ 2 milhões para Antonio Pallocci

Da Agência Brasil

Depois de se recusar a responder às primeiras perguntas de integrantes da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Petrobras, o doleiro Alberto Youssef quebrou o silêncio e negou, mais uma vez, que tenha repassado R$ 2 milhões ao ex-ministro Antonio Palocci, que seriam destinados à campanha da presidenta Dilma Rousseff em 2010. Palocci era coordenador da campanha.

“Vou quebrar o silêncio neste assunto. Com respeito ao Palocci, eu confirmo minhas declarações feitas anteriormente. Eu não conheço o Palocci, não conheço o assessor dele. Ninguém me fez pedido para que pudesse arrebanhar recurso para a campanha”, garantiu.

Munido de um habeas corpus concedido pelo Supremo Tribunal Federal, que lhe garante o direito de não responder às perguntas, o doleiro antecipou, em tom de mistério, que novos fatos prometem ratificar sua versão. “Existe uma investigação neste assunto do Palloci, que logo vai esclarecer o assunto. Um novo réu colaborador está falando. Eu não fiz esse repasse e essa colaboração”, afirmou.

Youssef está frente a frente com o ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa em uma acareação promovida pela comissão. Os dois fecharam acordo de delação premiada com a Justiça para contribuir com as investigações da Operação Lava Jato.

A operação da Polícia Federal apura denúncias de irregularidades na Petrobras, e os dois réus foram convocados para falar, no mesmo momento, para que esclareçam divergências nos depoimentos prestados até agora.

Costa foi o autor da denúncia contra Youssef envolvendo o ex-ministro da Fazenda Antonio Palloci. Assim como o doleiro, ele manteve sua versão da história durante os questionamentos dos parlamentares. “Ratifico aqui meus 126 depoimentos”, resumiu.

O ex-diretor da estatal explicou, no início de suas declarações, que “entre CPMI [comissão parlamentar mista de inquérito] e CPI, esta é a quinta vez que estou aqui respondendo a perguntas. Prestei 126 depoimentos, e todos são de domínio público. Estou aqui para esclarecer algumas dúvidas. Vossas Excelências conhecem todos os meus depoimentos”, concluiu.

Costa foi condenado a mais de 7 anos de prisão por participar de organização criminosa e lavagem de dinheiro. Ele cumpre a pena em regime domiciliar. O doleiro está preso em Curitiba, condenado a nove anos e dois meses por lavagem de dinheiro. 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

12 comentários

  1. “Munido de um habeas

    “Munido de um habeas corpus concedido pelo Supremo Tribunal Federal, que lhe garante o direito de não responder às perguntas, o doleiro antecipou, em tom de mistério, que novos fatos prometem ratificar sua versão. “Existe uma investigação neste assunto do Palloci, que logo vai esclarecer o assunto. Um novo réu colaborador está falando. Eu não fiz esse repasse e essa colaboração”, afirmou”:

    Alguem poderia achar alguma das primeiras reportagens iniciais sobre o assunto?!  Ta na cara que se Palloci NAO recebeu o dinheiro, alguem recebeu.

  2.  R$ 2 MILHÕES DE PROPINA PARA
     R$ 2 MILHÕES DE PROPINA PARA CAMPANHA DE 2010 DE DILMA SAIU DA W. TORRE, ESTALEIRO RIO GRANDEPostado por Polibio Braga on 8/26/2015 09:46:00 AM com Sem comentários  

    Agora dá para entender por que na CPI da Petrobrás é dada como certa a próxima prisão do ex-ministro Antonio Palocci. – 

    A empresa de que falou o doleiro Alberto Youssef ontem a tarde na CPI da Petrobrás é a W. Torre. Ela é que teria passado R$ 2 milhões de dinheiro sujo para o ex-ministro Antonio Palocci em 2010, tudo pasra a campanha de Dilma Roussef.

    A W. Torre foi quem construiu e operou inicialmente o Estaleiro Rio Grande, RS.

    O ex-diretor da Petrobrás, Paulo Costa, afirmou na CPI, diante de Youssef, que mandou ele entregar o dinheiro, mas não contou de onde sairia a propina. O doleiro negou tudo, mas fez esta revelação surpreendente:

    – Um novo delator contará todos os detalhes dessa história, mas o caso não foi comigo.

    Já se sabe que o dinheiro saiu do caixa 2 da W. Torre e que foi entregue a Palocci para a campanha de Dilma, mas ainda não se sabe quem é o novo delator.

     

    http://polibiobraga.blogspot.com.br/2015/08/r-2-milhoes-de-propina-para-campanha-de.html

     

    • Kkkk, o Políbio é antipetista de carteirinha. Todo dia seu blog

      Kkkk, o Políbio é antipetista de carteirinha. Todo dia seu blog tem várias acuusações contra o PT. Acaba sempre sendo desmentido pelos fatos.

      • O fato de alguém ser anti

        O fato de alguém ser anti petista não invalida necessariamente a noticia,

        E as denuncias que ele publica normalmente se comprovam.

         

  3. Se a Justiça não entendeu

    Se a Justiça não entendeu estar Aécio sob suspeitas em relação à denúncia de Youssef, o que isso quer dizer, então? O Doleiro mentiu, ou divagou? Se mentiu, ao que se sabe, tem sua delação anulada?

    Ora, se a imprensa não divulga nada sobre opositores que estão realmente envolcvidos nas maracutaias, vai se prestar a tratar de um assunto que a justiça considera arquivado?

    Importante, do mesmo modo, é a ausência de investigação sobre os dez milhões de sérgio Guerra, ou de qualquer quantia relacionada a um parlamentar morto. Deveria interessar, agora, não o morto, mas os caminhos perseguidos por essas quatias. Fica até admissível que, ante uma provável investigação, surja um morto, justo o ladrão, já que a grana está em outras mãos.Morto não fala, e dinheiro não morre, apenas passa de mão em mão.

    • Explique-se melhor

      Se a Justiça não entendeu estar Aécio sob suspeitas em relação à denúncia de Youssef, o que isso quer dizer, então?

      Ontem, na CPI da Câmara, Yousef respondeu duas perguntas de um deputado petista:

      P: Você já teve algum contato com Aécio Neves?

      R: Não. 

      P: Você já teve algum contato com a irmã de Aécio Neves?

      R:  Não. 

      Explique-se melhor. De que suspeitas a senhora está falando?

       

      • De ter recebido propina de

        De ter recebido propina de Furnas, segundo Yossef o envolvimento de Aécio foi relatado por Janene de quem era compadre e operador, inclusive deu o caminho por onde passou o dinheiro.

  4. Só eu mesmo…

    Só eu mesmo é que acho estranho que o Youssef conheça o teor de uma delação premiada que ninguém mais conhece? Se ele sabia antes, por que não disse na sua própria delação?

     

    Muito estranho.

    • A pergunta eh otima, Rato.  A

      A pergunta eh otima, Rato.  A resposta eh que do teor das perguntas que os investigadores lhe fizeram ele ja sabe quem esta preparando o que.

  5. O aliança liberal é uma

    O aliança liberal é uma piada!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Polibio braga disse? Esse político “jornalista” é aliado ao que há de pior no rs. O aliança está tão doido que vai precisar de tratamento para poder respirar, oxigenar depois que o golpe fracassou. Ele só consegue entrar no blog, porque aqui, há democracia. Alguem de esquerda conseguiu ver algum comentário seu nos blogs de direita? Mas eles é que são democráticos!!!!!!!! Doidos, nem ercebem que acusam os outros pelo que eles mesmo são. Vergonhoso! O roubo da merenda escolar aqui nos rs, o políbio falou alguma coisa? Nadica. Pelo contrário, dizia que a oposição(PT), pasmem, é que era culpada pelas dnúncias.Os gatunos? Psdb/pmdb e iguais´. É mole? Aliança, vai tomar um calmante e tenta respirar, porque os golpistas perderam!!!!!!!!!!! Entendeu???????????? Se teu partudi ganhar no voto, eu respeito, mas no grito, NUNQUINHA permitiremos! Aliança, vai plantar coquinho e tenta relaxar, ou tu faz esses comentários enlouquecidos porque TENS que fazer por ordens? Se teus comentários são teus mesmos, eu peço desculpas por te achar DOIDO!!!!!!!!!!

    • Fora “denunciar o agente”, e

      Fora “denunciar o agente”, e o argumentum ad hominem, você nega a informação,  é uma mentira ?

      Eu compartilhei uma informação qual é o seu contra ponto? 

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome