Supremo forma maioria e autoriza realização da Copa América no Brasil

Até o momento, o placar da sessão virtual contabiliza 10 votos à favor da disputa do torneio, com abertura marcada para o próximo domingo, 13

STF

Jornal GGN – O Supremo Tribunal Federal (STF) formou maioria na tarde desta quinta-feira, 10, contra a suspensão da realização da Copa América no Brasil em meio a pandemia da Covid-19. Até o momento, o placar da sessão virtual contabiliza 10 votos à favor da disputa do torneio, com abertura marcada para o próximo domingo, 13. Os ministros julgam três ações movidas pelo PT, PSB e a Confederação dos Metalúrgicos.

Os ministros Ricardo Lewandowski, Edson Fachin, Marco Aurélio, Cármen Lúcia, Gilmar Mendes, Dias Toffoli, Rosa Weber, Luiz Fux, Alexandre de Moraes e Luís Roberto Barroso se manifestaram pela realização da Copa América.

O relator do pedido do PT, Ricardo Lewandowski, votou pela realização do campeonato desde que o governo federal apresente, até 24 horas antes do início da competição, um plano Mitigação de Riscos da Covid-19. Fachin e Gilmar Mendes acompanharam o relator.

Os outros pedidos que pedem a suspensão da competição em razão da pandemia, da Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos e do PSB, são relatados pela ministra Cármen Lúcia, que negou o prosseguimento das ações por questões processuais e foi acompanhada pelo ministro Marco Aurélio.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome