Acordo político pode acabar com governo Netanyahu em Israel

Coalizão precisa do apoio do Parlamento para assumir poder; premiê ocupa cargo há 12 anos e enfrenta acusações de corrupção e fraude

Jornal GGN – Os partidos de direita, centro e esquerda em Israel conseguiram chegar a um acordo para fechar uma coalizão e, assim, tirar o premiê Binyamin Netanyahu do poder em Israel.

Segundo o jornal Folha de São Paulo, tal coalizão foi possível após o anúncio do apoio do líder do partido de ultradireita Naftali Bennett ao que chamou de governo de mudança para destituir Netanyahu.

A decisão ocorre poucos dias antes de expirar o prazo para que um novo governo fosse formado em Israel. Agora, a decisão de Bennett permite que o chefe da oposição, Yair Lapid, reúna uma coalizão de siglas de direita, centro e esquerda e leve Netanyahu à sua primeira derrota nas eleições desde 1999.

Chefe do partido de centro Yash Atid (“Há Um Futuro”), Lapid tem até a próxima quarta (2) para anunciar um novo governo — o prazo foi definido pelo presidente de Israel, Reuven Rivlin.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome