Alesp quer criar CPI para investigar Prevent Senior, diz Doria

Deputado estadual Paulo Fiorillo (PT) apresentou pedido de instalação de comissão para investigar possíveis crimes cometidos pela empresa durante a pandemia do novo coronavírus

João Doria (PSDB), governador de São Paulo. Foto: Govesp

da Sputnik Brasil

Deputados da Assembleia Legislativa de São Paulo (ALESP) estão colhendo assinaturas para criar uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar a rede de planos de saúde Prevent Senior e seus procedimentos médicos em pacientes com COVID-19.

“Fui informado pela ALESP que deverá ser aberta uma CPI para proceder com a investigação de todos os procedimentos da Prevent Senior, e manifestei o apoio”, afirmou o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), citado pelo portal Metrópoles. Horas depois, o pedido de criação da comissão foi feito pelo deputado estadual Paulo Fiorillo (PT).

A Prevent Senior passou a ser investigada pela CPI da Covid no Senado por uma série de suspeitas de irregularidades e na quarta-feira (22), a comissão ouviu o diretor-executivo da empresa, Pedro Benedito Batista Junior, que admitiu, entre outras coisas, que a empresa orientou médicos para que modificassem o Código de Diagnóstico (CID) de pacientes que deram entrada com COVID-19, após 14 ou 21 dias, a depender do caso.

​Doria acrescentou que determinou que o secretário da Saúde de São Paulo, Jean Gorinchteyn, realize uma “fiscalização rigorosa” sobre a Prevent Senior e sua atuação durante a pandemia.

“Independentemente disso [da criação da CPI na ALESP], a orientação dada ao secretário da Saúde é para iniciar imediatamente verificações sobre procedimentos apresentados na CPI do Congresso Nacional, que demonstram procedimentos irregulares da Prevent Senior”, comentou o governador.

Na quinta-feira (23), a CPI da Covid aprovou a convocação de Gorinchteyn, a pedido do senador Eduardo Girão (Podemos-CE), que quer questionar o secretário de Saúde de São Paulo sobre a possibilidade de subnotificação e supernotificação de casos do novo coronavírus no estado.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome