Aumento da tarifa de ônibus em São Paulo não é divulgado pela mídia

Sugerido por Pedro Penido dos Anjos

Marco St

A pergunta de hoje é:

Por que nem a Folha ou qualquer outro jornal, não informou até agora o aumento dos ônibus metropolitanos e inter-municipais dados pelo governador de S.Paulo ontem dia 15? 

Fui ao google (por volta das 12h00) e nada achei lá. Apenas blogs anunciaram.

O governador Alckmin pediu e conseguiu silenciar toda a mídia amiga ou comprada.

Grande parte dos usuários desses coletivos são exatamente de pessoas mais pobres que saem e voltam de cidades vizinhas à capital para trabalhar e estudar.

Até sexta os preços cobrados variavam de R$3,15 a R$5,00.  Esses valores seráo acrescidos de mais 7% a partir de hoje.

O aumento que o Haddad queria dar em Junho de 2013 e que “irritou” o MPL era de R$3,00 para R$3,20.

Todo mundo sabe o que aconteceu.

Agora com Alckmin, não há MPL, FIESP, manifestações, black blocs. Nem manchetes escandalosas. Nada.

Só amanhã os usuários irão ficar sabendo deste aumento quando subirem nos ônibus.

Esse serviço não foi prestado aos cidadãos de SP pela imprensa.

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

60 comentários

  1. E quero aproveitar este ponto

    E quero aproveitar este ponto e perguntar para os colegas de outros estados se é assim que acontece?

    Aqui em SP quando você compra uma passagem de ônibus intermunicipais a empresa não pergunta se voê que o seguro facultativo, que inclusive é uma merreca também se você morre – é muito parecido com os valores do seguro obrigatório mas (mesmo sendo o passageiro quem paga, aquilo é diluido nos custos do veículo anualmente). O seguro “opcional” é uma verdadeira sacanagem pois é cobrado por bilhete/viagem sendo que a maioria dos familiares de um morto, duvido que vá atrás ou que a empresa (tô sonhando) os avise. 

    Eu acredito e gostaria que, quem entende do assunto nos traga informações sobre:

    1) empresas de viação ganham comissão, visto que se é facultativo eu deveria dizer se quero e NÃO se eu não quero. Como a maioria dos usuários não sabem disto, é incomum as pessoas pedirem a passagem sem o seguro.

    2) tem tubarão grande no meio: quem são as empresas e os donos das seguradoras envolvidas com o negócio?

    3) como fazer para que (por favor políticos do blogue, assessores ou amigos preocupados com a economia popular e a honestidade, principalmente) as empresas tenham a seguinte regra: do jeito como é hoje, é subrepticiamente colocado como “obrigatório”. A regra deveria ser a de que quem quisesse pedisse textualmente para incluir e assim, saberia porque está pagando a mais. Por favor gente, quanta economia haveria para as pessoas se não pagasse um serviço que deve ser inútil para a imensa maioris.

    Por favor Nassif faz uma matéria, uma consulta sobre isto. Obrigado

  2. “A passagem já é cara e o serviço é ruim. Sempre atrasa”

    Sem aviso a passageiros, ônibus rodoviários ficarão mais caros a partir de domingo

    por Gisele Brito, da RBA publicado 14/02/2014 18:55Reajuste será de 6,54%. Ônibus intermunicipais fora das regiões metropolitanas terão aumento ainda maior, de 7,24%. Sistema é regulamentado pelo governo do estado

    São Paulo – Quem quer ou precisa fazer viagens de ônibus entre cidades de São Paulo deve comprar passagem antes da meia-noite de amanhã (15) se quiser pagar mais barato. A Agência de Transporte do Estado (Artesp) autorizou aumento de 6,54% para as viagens rodoviárias. A informação foi publicada no Diário Oficialno último dia 7 e divulgada pela comunicação da agência do governo de Geraldo Alckmin (PSDB) na quarta-feira. Mas não houve qualquer recomendação para que as empresas de ônibus dessem publicidade ao aumento.

    A desinformação prejudica quem tem viagens programadas e poderia comprar passagens antecipadas sem pagar pelo aumento. É possível fazer aquisição com até 12 meses de antecedência. A RBA simulou compras de passagem no site de 11 empresas de ônibus. Nenhum deles informa que a passagem estará mais cara a partir de domingo.

    Passageiros frequentes do sistema rodoviário foram surpreendidos pela notícia. “Acho um absurdo este aumento. Vivo em São Paulo, mas faço várias viagens por mês para minha cidade natal, Santos, para ir ao médico, ver a família, e não sabia de nada”, queixa-se a relações públicas Ericka Moderno.

    Apesar de não achar prático, Ericka economizaria R$ 23,44, mais que o valor de uma viagem de ida se comprasse antes do aumento as suas próximas dez passagens de ida e volta para a cidade do litoral paulista.

    A estudante de letras Cássia Roberta Oliveira viaja quinzenalmente para Tatuí, a 131 km da capital, e foi informada pela reportagem sobre o aumento. “Não fazia ideia. Com certeza, vou comprar passagens antes do domingo”, afirma. “A passagem já é cara e o serviço é ruim. Sempre atrasa”, reclama.

    As tarifas de ônibus suburbanos, que transportam passageiros entre municípios fora de regiões metropolitanas e permitem o pagamento embarcado e viagens de pessoas em pé, terão reajuste ainda maiores, de 7,54%.

    O aumento motivou a organização de um ato, na terça-feira (18) na cidade de Votorantim. Os organizadores reclamam da elevação da tarifa de R$ 2,80 para R$ 3 nas viagens entre a cidade e Sorocaba. No texto do evento criado para divulgar a manifestação no Facebook, eles afirmam que “enquanto a passagem aumenta a qualidade dos serviços diminui”. Noventa pessoas já haviam confirmado presença no evento esta tarde.

    Segundo a Artesp, o último aumento nas tarifas dos ônibus rodoviários e suburbanos sob sua responsabilidade foi de 6,85%, em novembro de 2012, e a conta utilizada para calcular o reajuste deste fim de semana representa a recomposição de custos operacionais entre agosto de 2012 e dezembro de 2013. Foram consideradas, segundo a agência, as variações de diversos itens, como os salários da categoria e o custo do óleo diesel, que subiram cerca de 8% e 15%, respectivamente. A Artesp ressalta que o aumento ficou abaixo da inflação acumulada no período, que fechou em 9,08%.

    Em 2013, 271 veículos zero-quilômetro começaram a integrar a frota do Sistema de Transporte Intermunicipal, que conta com 631 linhas rodoviárias e 431 suburbanas.

    http://www.redebrasilatual.com.br/cidadania/2014/02/viajar-de-onibus-rodoviarios-ficara-mais-caro-a-parir-de-domingo-em-sao-paulo-2678.html

     

  3. MPL

    curiosidades

    1 – O movimento passe livre só se informa pela mídia golpista?

    2 – O MPL só vai as ruas quando o aumento é na conta do Haddad?

    3 – e os Blacks coxinhas? 

     

    4 – se o metrô fosse administrado pelo haddad o mundo já teria acabado?

    white blacks e MPL são todos manipulados?

      alguém pode responder essas questões?

     

    • Se o metrô fosse administrado

      Se o metrô fosse administrado por governo do PT, a mídia faria igual naquela época do chamado “caos aéreo”: deixaria equipes de reportagens a postos 24 horas por dia e faria boletins de atrasos e de problemas etc.

      Quando disse isso para um amigo, ele logo respondeu que não seria simples, pois existem regras muito difíceis de ser cumpridas para se ganhar o direito de fazer filmagens no Metrô de São Paulo.

      Dei risada na cara do amigo. Ora, disse eu, em governo tucano não tem problema colocar entraves a registros como filmagem; mas se for em governo do PT, ai ai ai!, aí é chavismo, castrismo, stalinismo e sei lá mais que ismo.

  4. Nada sobre isto no site do MPL

    O MPL realmente não toca no assunto. Entretanto cobra da Prefeitura o corte de algumas linhas.

    Do Facebook do MPL

    Passe Livre São Paulo

     

    February 13 · Edited :::: QUINTA-FEIRA, 20/02, NA FRENTE DA PREFEITURA!
    https://www.facebook.com/events/489572097820669/

    Em toda cidade, a SPTrans vem efetuando uma série de cortes de linhas de ônibus. Quem ganha com o$ corte$ de linha$? A gente que não é, que espera mais pra pegar mais ônibus e tem que pagar mais passagens.

    Longe de serem casos isolados, os cortes fazem parte de uma política de “racionalização” do sistema que só serve para encher o bolso dos empresários, às custas do sofrimento da população com ônibus mais lotados e maior tempo de viagem.

    Em resposta aos protestos contra os cortes de linha que aconteceram em vários bairros da cidade, em fins de 2013 o Secretário Municipal de Transportes, Jilmar Tatto, afirmou que não é verdade que os cortes de linha não favorecem os empresários e convidou os manifestantes para debater: “eles estão errados do ponto de vista do conceito. Esse debate eu faço com eles a hora que eles quiserem, não tem problema.” (fonte:https://tinyurl.com/pw8uy48)

    Ora, se o Secretário quer mesmo debater a qualquer hora, convidamos ele para discutir isso com a população abertamente no dia 20/02, quinta-feira, às 18h em frente à Prefeitura.

    Divulgue: https://www.facebook.com/events/489572097820669/See Translation

     

    • Parece que a atuação do MPL é

      Parece que a atuação do MPL é só com relação a prefeitura. (do Haddad, é claro)

      Metrô, CPTM e ônibus metropolitanos parecem que não estão no escopo deles…..

      Todos sabemos que esses serviços são excelentes, baratos e, principalmente, não são administrados por alguém do PT.

      Taí a mídia (ou o silêncio dela) que não me deixa mentir…

       

  5. ~IRÃO COLOCAR A CULPA NA DILMA OU NO HADDAD

    Certamente, eles irão colocar a culpa da majoração na Dilma ou no Haddad!

    E o pior é que o povo irá acreditar.

    Não tem jeito.

  6. Sugiro que enviem comentários

    Sugiro que enviem comentários aos principais jornais pauiistas reclamando de sua atuacão . Eu já enviei minhas condolências : 

     

    ESTADÃO 

    Cartas de opinião

    Fax 11 3856 2940

    [email protected]

     

     

    FOLHA DE SP

    OMBUSDMAN : [email protected] 

    PAINEL DO LEITOR : http://www1.folha.uol.com.br/paineldoleitor/envie_sua_reclamacao.shtml

    FOLHA COTIDIANO : http://www1.folha.uol.com.br/falecomafolha/editorias/formulario-cotidiano.shtml

    • Meu caro, é perda de tempo. E

      Meu caro, é perda de tempo. E ainda vão contar o seu acesso para faturar em propaganda…

      Não vale a pena nem comentar com a PiG. 

      Jornalista decente e com “J” maiúsculo na folha… só sobrou o Jânio de Freitas.

    • faz o seguinte, já que você

      faz o seguinte, já que você deve ser militante de alguma agrupação petista, uma vez que se dispõe a criticar a militância alheia, porque o PT não organiza um movimento de lutas contra esse aumento?

      porque se a militância do PT não fizer uma manifestação contra esse aumento só pode significar que ele é o braço armado do PSDB, que eles são a favor do aumento. Ou não será essa a lógica dos que reclamam que o MPL só luta contra o PT (desconsiderando todas as manifestações anteriores à gestão Haddad, como a de 2011 onde eu estava presente)?

      • Se vocÊ comandasse o PT,

        Se vocÊ comandasse o PT, seria tão contra assim a ponto de fazer manifestações contra o PSDB? não estou dizendo que sua lógica de que o PT é um “aliado” do PSDB mas dizer que o PT faria manifestações é meio que uma loucura total!

  7. Mais cedo ou mais tarde o MPL

    Mais cedo ou mais tarde o MPL vai ficar sabendo.

    Espertinhos que são, vão pra frente da prefeitura fazer barulho.

    Ninguém vai se esforçar para explicar que o aumento é do governo do Estado.

    Alguns “infiltrados” aparecerão e tentarão invadir a prefeitura.

    As imagens vão pra CNN mostrando a bagunça que está o Brasil.

    Na terça-feira, no “entre aspas” da Globonews, especialistas vão debater o mal-estar na sociedade brasileira.

    E a vida continua…

  8. O “mal-estar” na sociedade brasileira (na Globonews!)

    Mais cedo ou mais tarde o MPL vai ficar sabendo.

    Espertinhos que são, vão pra frente da prefeitura fazer barulho.

    Ninguém vai se esforçar para explicar que o aumento é do governo do Estado.

    Alguns “infiltrados” aparecerão e tentarão invadir a prefeitura.

    As imagens vão pra CNN mostrando a bagunça que está o Brasil.

    Na terça-feira, no “entre aspas” da Globonews, especialistas vão debater o mal-estar na sociedade brasileira.

    E a vida continua…

    • a vida continua, com

      a vida continua, com comentadores de baixo nível como você que se acha mais esperto que os outros. Vai militar um pouco em alguma coisa, melhor do que ficar apenas criticando a militância dos outros de forma obtusa assim. MPL faz trabalho de base na periferia, como o PT histórico fazia mas hoje em dia não dá mais tanta importância. Não é de se estranhar que tantos petistas hoje não entendem como é que um movimento social pode funcionar que não pela lógica de buscar votos e mais votos, tudo o que no que o PT pensa hoje (isso quando parte de sua juventude não está nas manifestações convocadas pelo MPL contra os aumentos na tarifa e contra as máfias do transporte. Porque é que o próprio PT não pode, para variar um pouco, convocar uma manifestação?, não estou falando do MST, para aqueles que adoram pensar que são a mesma coisa apenas quando convêm)

      • Tá bom! Entendi.
        Ou seja, é

        Tá bom! Entendi.

        Ou seja, é pau no PT então, e deixa o PSDB fazer o que bem quer.

        A lógica do MPL  é bem clara: fala grosso com o Haddad, e fino com Alckmin/Serra/Kassab.

        Mas não deixa de ser uma boa coisa. Um movimento social tem que falar grosso com alguém.

      • MPL & C

        Que o MPL deveria se chamar movimento do passe livre coxinhas & cia (cia aqui é bem apropriado para esse bando de mauricinhos despreparados e cheirosos). argh!

      • Falou, falou, falou… mas
        Falou, falou, falou… mas NÃO disse o porquê do MPL passar assobiando quando o PSDB é que apronta.

        Cadê as manifestações do MPL para o metrô?

  9. É engraçado que esse MPL

    É engraçado que esse MPL ficou conhecido nacionalmente só depois que fizeram aqueles protestos contra o aumento de passagens dados pelo Haddad. E eles entenderam direitinho o recado do PIG: enquanto o alvo for petista lhes daremos a máxima divulgação possível e ficarão famosos mas não ousem mexer com nossos fantoches tucanos.

    Bando de bundões.

    • Engraçado é você ter

      Engraçado é você ter esquecido que as manifestações de junho de 2013, catalizadas pelo movimento MPL, eram contra os aumentos dos ônibus municipais (Haddad) e dos trens e metros (Alkmin). Ou seja, foi contra ambos os partidos PSDB e PT. Portanto, para de ser alienado e ficar reduzindo os problemas aos dois partidos. Se é contra o aumento, manifeste-se por ser contra o aumento e não por se contra o partido que o propos. Nem tudo que o PT propoe é bom, nem tudo que o PSDB propoe e ruim, e vice-versa, mas analisar o conteudo da proposta apenas pelo partido que o propos é uma burrice tremenda. Até porque, partidos de “direita” são da base alidada do governo petista e portanto, apoiada por eles, que se dizem de esquerda. Nassif, concordo com seu comentário que seria estranho esse aumento não ser divulgado na mídia, se é que o aumento é de fato real, mas daí a contabilizar essa não divuolgação a apoio ao Alkimin e o não apoio ao Haddad não me parece das coisas mais éticas, até porque o aumento do metro foi devidamente divulgado à época. 

      • Se bem que as manifestações
        Se bem que as manifestações explodiram quando o Haddad aumentou, até porque a maior cidade do Brasil é a que tem maior influência…mas não “desmeritizando” o governo tucano, apenas lembrando que tudo que aconteceu, começou primeiro em na capital de São Paulo. Até porque essa notícia não estourou por causa do abafamento que está acontecendo (se estiver acontecendo!).

  10. Vale a dúvida.

    Será que parte daquele dinheiro do trensalão não andou regando a horta dos donos dos jornalões. Estou lançando a pergunta “proceis”, porque eu não tenho dúvida. Amizade deste tmanho custa, e custa caro.

  11. Engraçado…

    Engraçado é ver os petistas cobrando o MPL e insinuando que são tucanos…

    Quer mobilização? Vai pra rua!

    Petista hoje em dia só consegue fazer mobilização pra arrecadar dinheiro pro Dirceu… hahahha piada…

    Da pena de ver o PT

    • nada engraçado

      Cada um é cobrado pelas bandeiras públicas que defende. Se um movimento se diz temático e apartidário, mas age só quando o governo é um e não outro, natural que sejam questionados. Afinal, de que lado está o MPL? Se “não tem lado” partidário, não deveriam atuar sempre que houvesse uma demanda de transporte em causa?

  12. Infundavel

    Sem noção esse post!!! Quem aumenta o Valor do Onibus que é um serviço municipal é o prefeito, o Governo do estado aumenta o valor do trem e do metro… Zoado esse tipo de informação…. 

    • Esse post fala sobre onibus

      Esse post fala sobre onibus inter-municipais e metropolitanos, que são alçada do Governo do Estado, não da Prefeitura. Até por que envolve mais de uma prefeitura. Antes de chegar respondendo, tente ler direito sobre o que voce vai comentar.

      • Os ônibus metropolitanos são

        Os ônibus metropolitanos são do poder do governo municipal e os intermunicipais do estadual…

        http://www.sptrans.com.br  (((Só olhar no fim da pagina)))

        Parece que assim como no outro aumento os dois governos (estadual e municipal) fizeram uma parceria e enquanto os partifanaticos ficam discutindo de quem é a culpa, os dois ganham com isso… 

        • Onibus metropolitanos

          Caro, 

          Os ônibus metropolitanos são de responsabilidades da EMTU/SP, que é uma empresa do Governo do Estado de São Paulo. Para entender, ela tem a mesma função da SPTrans, empresa que gerencia os onibus da capital paulista.

          O aumento das passagens aconteceram nas linhas intermunicipais gerenciadas pela Artesp, que cuida das linhas rodoviárias.

    • Ônibus metropolitanos são da

      Ônibus metropolitanos são da Região Metropolitana e assim são inter-municipais, sendo competência do Governo do Estado. Onde já se viu o prefeito de Jundiaí controlar a tarifa do ônibus Jundiaí x Itu, que é metropolitano e inter-municipal? Prestenção, não fale besteira. É só pesquisar no google.

  13. Espero que o Governador seja

    Espero que o Governador seja firme e não se submeta à pressão dessa molecada mimada. Se fosse eu já não teria reduzido lá na época dos protestos. 

  14. Infantilidade para um país de crianças mimadas

    Respondendo aos comentários, não entrando no mérito do aumento que deve ser rigorosamente averiguado e punido em tudo aquilo que se considerar ilegal, como deveria ser feito sempre.

    Amigos, só no Brasil a ignorância política leva a acreditar que um partido com o programa e as premissas do PSDB pode ser ser considerado de direita (isso é uma piada, comparem com um programa político de um partido de direita europeu… Bom, política nunca foi o forte do brasileiro e nem o fraco, que não entende nada de política). Só no Brasil um povo medíocre (mediano)  fica preocupado em fazer “mimimi PSDB”, “mimimi PT” enquanto dentro das esferas de poder a roubalheira corre solta por parte de TODOS os partidos. Só no Brasil a inabilidade crônica para enxergar um palmo à frente do nariz leva as pessoas a ignorarem que o problema vai além dos partidos (que generalizadamente não exigem mais quaisquer valores morais de seus afiliados) e está inevitavelmente vinculado ao enfraquecimento do grau de exigência e rigor nas justas punições como um todo: desde o pai que não deixa mais o filho de castigo à avalanche de recursos que podem postergar o cumprimento de uma pena até a morte do condenado. Falta hombridade nesse país. Mas tudo bem, é no Brasil, um país de brincadeirinha com um povo que não é sério.

    • A etiqueta é o de menos

      Num país secularmente dominado pelas elites conservadoras, tanto pelo poder econômico direto como 

      por meio da promoção de golpes, está mais do que evidente que o PSDB se encontra no que se pode chamar de direita.

      O que consta do seu estatuto e dos seus programas é o de menos, nada além de peças de ficção.

      O que vale é o que se vê na prática diária, onde esse partido aninhou  e se aliou a todas as forças conservadoras e às 

      elites nacionais. Irmão gêmeo do PFL-DEM, baba ovos dos norte-amaercanos e seus interesses, braço da força do

      capital do rei Juan Carlos e empresas espanholas entre nós. Doadores das nossas riquezas e destruidores das

      nossas maiores empresas estatais. Submissos ao capital estrangeiro e de joelhos ao FMI, quebraram o Estado

      brasileiro por três vezes. Esse partideco, em vias de extinção por causa do afloramento das suas habituais falcatruas, só

      sobreviveu até hoje por sua umbilical relação com a burguesia detentora dos grandes meios de comunicação.

       

       

    • Seu comentário não agrega nada.

      Alguém tem que ter culpa de tais acontecimentos, tanto de PT , de PSDB ou de qualquer outro partido. A questão não é exatamente olhar pros lados e ver que todos estão roubando e escolher quem rouba menos, é saber de quem é a culpa para não eleger o indvíduo novamente, de qualquer partido que ele seja.

  15. Aumentou mesmo? até agora nao

    Aumentou mesmo? até agora nao vi em nenhum lugar essa informação e ngm na rua comentando sobre isso.

    e tambem nao peguei onibus hj para ver o preço.

    • aumento das tarifas EMTU

       

      Informamos que o aumento anunciado pelo governo do Estado de São Paulo se refere as linhas rodoviárias gerenciadas pela Artesp.

      As linhas metropolitanas, gerenciadas pela EMTU/SP , não tiveram reajustes e não tem previsão de aumento de tarifa.

      EMTU/SP

  16. EMTU não faz alarde, mas aumenta a tarifa

    A EMTU nega, mas a data das tarifas disponíveis em PDF no seu site mostram atualização com data de ….HOJE!

    http://www.emtu.sp.gov.br/EMTU/pdf/REL.TARIF%C3%81RIO%20RMSP%20-%20TODAS%20EMPRESAS%20-%2017.02.14.pdf

     

    O ônibus que eu pego, por exemplo,  023 – Pinheiros-Carapicuiba ustava 3,70, hoje custa 3,85. É só comparar com a tabela cuja vigência no site da EMTU é até 13/05/2013…mas valeu até sexta..

    http://www.emtu.sp.gov.br/EMTU/pdf/REL TARIFÁRIO RMSP – TODAS EMPRESAS – 13 05 13.pdf

  17. Quem procura, acha!!!
    Se o prezado jornalista tivesse, de fato, procurado informações sobre o aumento das tarifas de ônibus intermunicipais, as teria encontrado na capa do jornal Agora S.Paulo (Grupo Folh) da última sexta-feira, 14. Seguem abaixo os links da capa e da notícia sobre o reajuste. Sem miopia política é mais fácil enxergar os fatos, prezado jornalista. http://www.netpapers.com/capa-do-jornal/agora-sao-paulo/14-02-2014 http://www.agora.uol.com.br/grana/2014/02/1412068-viagem-de-onibus-fica-mais-cara-no-domingo.shtml

  18. tarifa onibus metropolitanos

    Caro jornalista, 

    Todos os jornais deram a notícia do aumento das passagens dos onibus intermunicipais. As linhas que circulam nas regiões metropolitanas, atendidas pela EMTU/SP, não sofreram reajustes.

  19. REAJUSTE DE TARIFA

    RESPOSTA DA EMTU/SP

    As linhas metropolitanas gerenciadas pela EMTU/SP não foram reajustadas. O reajuste foi anunciado para as linhas intermunicipais  gerenciadas pela Artesp. As atualizações no link das tarifas no site da EMTU/SP se referem a mudanças operacionais como inclusão ou retiradas de linhas ou modificação na quilometragem do serviço. Os valores são atualizados somente quando há divulgação  oficial de reajustes pelo Governo do Estado. 

    Em relação às afirmações da usuária Deborah Neves, a tarifa da linha 023 foi reajustada para R$ 4,00 em 02/06/2013 e depois foi reduzida para R$ 3,65, em 01/07/2013, em virtude da redução para zero das alíquotas do PIS e Cofins. Esse valor permanece até hoje. 

    Assessoria de Imprensa – EMTU/SP

  20. Isso que dá, criminalizaram

    Isso que dá, criminalizaram os manifestantes, agora os preços de transportes sobem de novo. No RJ, Sérgio Cabral voltou atrás e autorizou reajuste do trem e metrô.

    Serviços cada dia piores e preços em alta. O lobby venceu.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome