Bolsonaro ironiza decisão de Rosa Weber sobre governador do Amazonas

Decisão autorizou Wilson Lima (PSC) a não comparecer à CPI da Pandemia. Segundo o mandatário, a CPI está focada apenas em investigar o governo federal

Foto: Marcelo Camargo (via fotospublicas.com)

Jornal GGN – Jair Bolsonaro (sem partido) criticou nesta quarta-feira, 10, a decisão da ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal (STF), que autorizou o governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), a não comparecer à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia. Segundo o mandatário, a CPI está focada apenas em investigar o governo federal.  

“Vocês viram a decisão da ministra Rosa Weber sobre o governador do Amazonas? Se quiser, não precisa ver, não. Querem investigar quem mandou o dinheiro, e não quem, possivelmente, talvez, tenha desviado. Pode comparecer e ficar quieto também”, ironizou ao falar com apoiadores na frente do Palácio da Alvorada.

Após a decisão da ministra, que transformou a convocação do governador em convite e deu direito ao silêncio, Wilson Lima avisou que não iria comparecer à sessão de hoje da CPI. 

De acordo com Rosa Weber, como o governador já é investigado e foi denunciado ao Superior Tribunal de Justiça (STJ), ele não é obrigado a dar declarações em que possa se autoincriminar.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome