Bolsonaro não tem mais condições de seguir no poder, diz Estadão

Em editorial, publicação diz que presidente mandou freios internos ‘às favas’, e afirmou a necessidade de defesa do Estado Democrático de Direito

Jornal GGN – O atual momento do Brasil exige defesa da liberdade, e que se dê um basta às sucessivas ameaças sofridas pelas instituições republicanas e pelo regime democrático. É o que afirma o editorial deste domingo do jornal O Estado de S.Paulo, que ainda pontua que o presidente Jair Bolsonaro “não reúne mais as condições para permanecer no cargo”.

Quase três anos após a publicação de editorial em que considerava o voto entre Bolsonaro e Fernando Haddad (PT) “uma escolha muito difícil”, a publicação diz que o atual presidente encontra-se acossado por sucessivas derrotas, e que o atual cenário parece ter feito o presidente “ter mandado às favas os freios internos que o faziam ao menos fingir ser um democrata”.

“O presidente chantageia a Nação. Como um menino mimado, diz que, se não lhe derem o voto impresso, ele inflama sua horda de camisas pardas e instala a baderna. Uma pessoa com esta índole é indigna da Presidência da República”, diz a publicação a respeito das recentes manifestações do presidente quanto ao seu desejo de que as próximas eleições sejam “limpas” – leia-se com o resultado que ele quer, e do jeito que ele quer.

“É absolutamente inconcebível que o chefe de Estado e de governo ameace impunemente fazer letra morta de uma cláusula pétrea da Constituição. Os brasileiros estão diante de uma disjuntiva. Ou bem se reassegura o Estado Democrático de Direito consagrado pela Lei Maior ou Bolsonaro segue como presidente”, diz o Estadão.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

1 comentário

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome