Bolsonaro volta a ameaçar realização das eleições

Presidente participa de ato pelo voto impresso via videochamada, transmitida aos apoiadores por carro de som

Foto: Reprodução/REUTERS/Adriano Machado

Jornal GGN – O presidente Jair Bolsonaro voltou a ameaçar as eleições de 2022 durante ato em defesa pelo voto impresso, que reuniu bolsonaristas na Esplanada dos Ministérios em Brasília.

Ao contrário do que ocorreu em outros eventos, a participação do presidente se deu por videoconferência, transmitida por carro de som. “Sem eleições limpas e democráticas, não haverá eleição”, disse Bolsonaro. “Nós mais do que exigimos, pode ter certeza. Agimos juntos, porque vocês são de fato o meu Exército, o nosso Exército”, prosseguiu, segundo informações do site Metropoles.

O ato foi convocado pela deputada bolsonarista Bia Kicis (PSL), presidente da Comissão de Constituição e Justiça e autora da PEC (Proposta de Emenda à Constituição) do voto impresso em diversas cidades do país.

Apesar dos pedidos de Bolsonaro pelo voto impresso, o presidente até agora não conseguiu comprovar a ocorrência de fraudes eleitorais com a urna eletrônica – na última quinta-feira, o presidente realizou uma live onde apresentou notícias falsas e diversos vídeos que já foram desmentidos.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome