Bolsonaro volta a defender uso de medicamentos sem comprovação contra covid-19

Após receber alta hospitalar, presidente afirmou que vai cobrar ministro da Saúde e voltou a criticar atuação da CPI da Pandemia

Foto: Annie Zanetti/TV Brasil

Jornal GGN – O presidente Jair Bolsonaro voltou a defender o uso de medicamentos sem eficácia comprovada contra a covid-19. Depois de apoiar publicamente o uso de cloroquina e de hidroxicloroquina, Bolsonaro afirmou que irá cobrar do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, um estudo sobre a aplicação da proxalutamida.

“(A proxalutamida) É uma droga que está sendo estudada e que em alguns países têm apresentado melhora. Existe no Brasil de forma não ainda comprovada cientificamente, de forma não legal, mas tem curado gente”, disse o presidente em entrevista, segundo o jornal O Globo. “Vou ver se a gente faz um estudo disso daí para a gente apresentar uma possível alternativa. Temos que tentar. Tem que buscar alternativas e, com todo respeito, eu não errei nenhuma. Até quando, lá atrás, eu zerei os impostos da vitamina D”.

A proxalutamida já é um medicamento adotado nos tratamentos de câncer de próstata e de mama e atua como um fármaco bloqueador de hormônios masculinos, mas não existe autorização ou estudos comprovando sua eficácia contra a covid-19.

As primeiras citações a tal medicamento foram feitas em março, quando a agência reguladora americana (FDA) aprovou a investigação para uso do medicamento em casos de pacientes infectados pelo novo coronavírus, uma vez que estudos mostraram que o Sars-CoV-2 entra nas células por um marcador mais presente em pessoas que apresentam mais testosterona.

Bolsonaro também voltou a criticar os trabalhos da CPI da Pandemia, e afirmou que “só Deus” o tira da presidência. “Se aparecer corrupção no meu governo, vou ser o primeiro a buscar uma maneira de apurar isso daí e deixar na mão de Justiça para que seja apurado”, disse o presidente.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

1 comentário

  1. E o sujeito com o que é levantado pela CPI, figura para o mundo sua verve biocida, vai piorar a imagem no exterior e a depender da piora da situação do maio ambiente, ataques aos indígenas e escândalos da boiada passando, vai ter muito mais dores de cabeça e atrasos de vida nas negociações internacionais.

    https://noticias.uol.com.br/colunas/jamil-chade/2021/07/19/mortes-e-alerta-climatico-na-europa-ampliarao-pressao-sobre-bolsonaro.htm

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome