Boulos sofre ataque de tucano e Covas pede desculpas

Aliado de Covas e ex-deputado federal, Ricardo Tripoli (PSDB), usa campanha para disparar ataques contra candidato alinhado à esquerda paulista

Imagem: Kelly Queiroz/CNN Brasil

Jornal GGN – O prefeito de São Paulo e candidato à reeleição, Bruno Covas (PSDB), pediu desculpas ao seu adversário Guilherme Boulos (PSOL) pelos ataques do aliado e ex-deputado federal, Ricardo Tripoli (PSDB), feitos na manhã desta terça-feira, 17 de novembro, contra o político alinhado à esquerda da capital.  

Durante campanha no Sindicato Nacional dos Aposentados, Covas foi acompanhado de Tripoli, que na ocasião afirmou que “o adversário [de Covas] mata a mãe para ir ao baile de órfãos para poder entrar. Imagine a agressividade que esse sujeito tem”. 

Enquanto isso, Covas evitou mencionar o nome Boulos em sua fala, mas seu aliado não hesitou e os ataques não pararam por aí. Contudo, após repercussão das críticas de Tripoli, o atual prefeito de São Paulo ligou para Boulos para pedir desculpas. 

“O prefeito Bruno Covas classifica como inaceitável e desrespeitosa a declaração feita hoje pelo ex-deputado Ricardo Tripoli sobre o candidato Guilherme Boulos”, afirmou a campanha do mandatário, em nota. 

“Covas já se desculpou, pessoalmente, com Boulos e espera que as campanhas, seus aliados e militantes mantenham o respeito e o bom nível que tem ditado o tom da campanha até aqui”. A campanha também disse que “atitudes como essa não contribuem para o processo democrático”.

Com informações do Uol.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

5 comentários

  1. Pode ser jogada ensaiada, tabelinha, um bate o outro assopra para posar de bom moço e nisso participa até a midiona golpista, repercutindo o deslize e a desculpa. Em política nada é por acaso, pode ser até uma espécie de vacina para não sofrer ataques do adversário abaixo da linha da cintura.
    Vamos ver se os ataques e as reparações continuam.

  2. … e lá vai ele cada vez mais incivilizado, mais desacreditado, mais remendado e muito menos votado. E lá vai ele merecidamente rumo ao castigo da extinção. Tchau querido!

  3. O PSDB foi um dos introdutores do ódio “organizado”, desde Serra e suas armações, fosse com a direita ou com a esquerda. São ratos, não os que rugem. Ratos que roubam queijos e ratoeiras e como os ratos, mordem e sopram para ficarem com fama de bons moços em seus blazers azuis . Estratégia suja de quem tem a imprensa cínica como parceira. A mesma que combina com generais, o timming para postagens em redes sociais, para serem divulgadas em telejornais. Por isto que muitos torcem para que Bolsonaro não caia, antes de sangrar mais a mídia corporativa.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome