Covid-19 mata um por minuto no Brasil e futuro ainda é incerto

O país não somente está no pódio de número de contágios, como também passa a ser o terceiro nos registros de óbitos no mundo

Jornal GGN – O Covid-19 no Brasil está matando mais de uma pessoa por minuto. Atingindo mais de 34 mil mortos pelo coronavírus nesta quinta-feira (04), segundo os dados oficiais, o país não somente está no pódio de número de contágios, como também passa a ser o terceiro nos registros de óbitos no mundo, superando a Itália.

A falta de perspectiva para o mundo e especificamente para o Brasil foi declarada por diversos cientistas e, no caso da América Latina, pela própria Organização Mundial da Saúde e pela ONU.

Considerando que o primeiro caso de coronavírus no Brasil foi detectado há apenas 100 dias, somado ao elevado índice de subnotificação de contagiados e mortos pela doença, ainda é difícil prever quando será o pico da pandemia e o número total de mortos, e respectivamente a estimativa de diminuição da curva de contágio.

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora