Damares defendeu na Justiça o “direito de ir e vir” de um feto, para impedir aborto em paciente com câncer

 
Jornal GGN – Jéssica tinha apenas 20 anos quando tomou conhecimento de que tinha um câncer no pulmão cujo tratamento era incompatível com a gestação de 6 semanas. O feto não seria capaz de resistir e, caso o fizesse, teria sérios problemas de formação. Com orientação médica, ela recorreu à Justiça para ter o direito de fazer o aborto. Mas a pastora-ministra Damares Alves, que sequer conhecia Jéssica pessoalmente, entrou com um recurso para tentar impedir o procedimento.
 
A história de Jéssica da Mata Silva, hoje com 27, é contada em reportagem de Eduardo Goulart de Andrade, na Vice.
 
Ao jornalista, Jéssica deixou escapar que nem da ação movida por Damares, e tampouco tinha conhecimento de que a pastora assumiu o cargo de ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos. Quando descobriu por meio do repórter, comentou: “Bom, eu acho que ela não é humana.”
 
Damares é assídua militante anti-feminista e uma das cabeças do movimento Brasil Sem Aborto. Quando assumiu o ministério no governo Bolsonaro, passou a afirmar que não vai fazer o que perseguiu a vida toda: buscar alterações na lei para restringir ainda mais o acesso das brasileiras à interrupção da gravidez.
 
Ao mesmo tempo em que promete isso, Damares continua expondo sua opinião pessoal “pró-vida”, mesmo no exercício do cargo. Em uma de suas primeiras entrevistas, ela disse que gravidez é um “problema que dura apenas 9 meses”.
 
Foi com este argumento, aliás, que ela entrou com uma medida liminar no Superior Tribunal de Justiça contra a decisão de segunda instância, em Goiás, que havia autorizado o aborto em Jéssica.
 
A hoje ministra sustentou que a jovem estava tentando impedir o “direito de ir e vir do feto” e, mais do que isso, tolhendo-lhe o direito à vida. Ela ainda assinalou que a morte da “criança” na barriga de Jéssica não a curaria do câncer.
 
Procurada, Damares não quis comentar o caso que ocorreu em 2012.
 
Leia a reportagem completa aqui.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

6 comentários

  1. #

    Como alguém pode se achar no direito de se intrometer na vida de outra pessoa, nesse nível?

    Tem certas pessoas, como essa Damares, que se passassem a vida toda subindo em pés de goiaba, fariam coisa muito melhor do que fazem quando não estão subindo em pés de goiaba.

     

  2. Só existe feto a partir da
    Só existe feto a partir da 12a semana de gestação, quando o cérebro está formado e em desenvolvimento. Antes disso o embrião não chegou à fase fetal, pois sem cérebro formado não há possibilidade de consciência, pensamentos, sentidos, funções cerebrais.

  3. Infelizmente
    Infeliz ação desta Damares. Sou contra o aborto, mas não nos casos onde a mãe corre riscos.Como a mãe faria tratamentos fortes com quimioterapia e radioterapia sabendo que espera um bebê? É muita tortura pra essa mãe.
    Como ficou esse caso?

  4. “MINISTRA BRASILEIRA CONTA

    “MINISTRA BRASILEIRA CONTA FÁBULAS SEXUAIS SOBRE A HOLANDA”: MAIORES JORNAIS HOLANDESES DENUNCIAM FAKE NEWS DE DAMARES”

    https://www.diariodocentrodomundo.com.br/ministra-brasileira-conta-fabulas-sexuais-sobre-a-holanda-maiores-jornais-holandeses-denunciam-fake-news-de-damares/

    Ela afirma que especialistas holandeses dizem que “um menino a partir dos sete meses de idade deve estar sexualmente satisfeito, para que ele possa ser um homem sexualmente saudável quando adulto”.

    Diz também que o mesmo conselho se aplica às meninas. “Especialistas’ da Holanda estariam recomendando que ‘a vagina de uma menina deve ser estimulada desde cedo para que ela possa sentir prazer quando adulta”

    FONTES:

    DE TELEGRALL (maior jornal holandes)

    https://www.telegraaf.nl/nieuws/3061156/braziliaanse-minister-vertelt-seksfabels-over-nederland?utm_source=google&utm_medium=organic

    RTLIN Nieuws

    https://www.rtlnieuws.nl/nieuws/buitenland/artikel/4585086/braziliaanse-minister-nederlandse-specialisten-raden-seksuele

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome