Desfile militar leva Barroso e Mourão a realizarem encontro privado, diz jornal

Na ocasião, vice-presidente foi questionado pelo presidente do TSE a respeito do apoio militar a uma quebra institucional

Jornal GGN – O desfile militar realizado em Brasília na última semana levou o vice-presidente Hamilton Mourão e o ministro Luís Roberto Barroso, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a uma reunião particular na última terça-feira.

Segundo o jornal O Estado de S.Paulo, Barroso não usou meias palavras e questionou sobre um embarque das Forças Armadas em torno de um golpe liderado pelo presidente Jair Bolsonaro. Mourão o tranquilizou e afirmou que as Forças Armadas não apoiavam golpe, e não teria impedimento para a realização das eleições de 2022.

Clique aqui e veja como apoiar o jornalismo independente do GGN

Barroso também não escondeu sua perplexidade ao saber das ameaças feitas por Bolsonaro, que incluíam até mesmo voos rasantes de jatos da Força Aérea Brasileira (FAB) sobre o prédio do Supremo. Para alívio do ministro do STF, Mourão ressaltou que as Forças Armadas se pautavam pela legalidade e que quem comandava as tropas não avalizaria golpe.

O encontro entre os dois não estava na agenda oficial, e ocorreu na casa de Barroso. Mourão não acompanhou a recepção ao comboio militar, que foi recepcionado por Bolsonaro horas antes da votação da PEC do voto impresso na Câmara dos Deputados. Vale lembrar que o vice-presidente sequer foi convidado.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome