“Desserviço”: Jornalista corta assessor de Trump que defendia cloroquina

"Nossa conversa acabou. Acho que você está realmente confundindo a situação, o que não ajuda a saúde de ninguém", disse jornalista americana

Reprodução

Jornal GGN – “Você está prestando um desserviço real aos americanos”, disse a jornalista Brianna Keilar, da CNN dos Estados Unidos, que interrompeu o assessor do presidente Donald Trump, Tim Murtaugh, durante uma entrevista, quando ele começou a defender o uso da cloroquina para tratar o Covid-19.

“Se você vai dizer que este é um bom tratamento quando médicos já disseram que não é, e estudos foram cancelados”, introduziu a jornalista, ao vivo, em transmissão ao CNN Right Now. Mas o assessor de Trump insistiu em defender o medicamento para tratar pacientes com coronavírus, que é também amplamente apoiado por Jair Bolsonaro.

Foi quando a jornalista cancelou a conversa com o assessor de Trump: “Nossa conversa acabou. Acho que você está realmente confundindo a situação, o que não ajuda a saúde de ninguém”, disse Brianna Keilar.

Imediatamente depois, o programa chamou um médico especialista para, segundo a âncora, “trazer alguma luz sobre o uso da hidroxicloroquina”.

Acompanhe:

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome