Eleições 2020: as pesquisas para o segundo turno nas capitais

Confira os resultados das disputas às Prefeituras das capitais que vão ao segundo turno, neste domingo (29), segundo as últimas pesquisas divulgadas

Jornal GGN – Faltando três dias para o segundo turno das eleições municipais 2020, novas pesquisas foram divulgadas para as disputas aos pleitos das capitais. Ao todo, 18 capitais terão mais uma chance de eleger as Prefeituras.

Em São Paulo, o candidato à reeleição Brunos Covas (PSDB) lidera o ranking com 48%, mas diminuiu a vantagem contra o adversário do PSOL, Guilherme Boulos, que tem 37% das intenções segundo o Ibope divulgado nesta quarta (25).

As estimativas são referentes aos votos totais, incluindo brancos e nulos, já os resultados de votos válidos registram uma maior diferença para Covas, apesar de ter uma diminuição em comparação às pesquisas anteriores: caiu de 58% para 55%, enquanto Boulous subiu de 42% para 45%.

No Rio de Janeiro, a liderança segue definida para Eduardo Paes (DEM), que registra 65% das intenções de votos válidos, deixando o atual prefeito, Marcelo Crivella (Republicanos), com somente 28% das escolhas, segundo o Ibope desta quarta.

O Ibope também mostrou uma disputa acirrada em Porto Alegre, Rio Grande do Sul, com o candidato do MDB, Sebastião Melo, assumindo os apoios da ala conservadora gaúcha, com 49% dos votos totais, contra uma pouca diferença de 42% de Manuela D’Ávila (PCdoB).

Em João Pessoa, na Paraíba, a pequisa mostra Cícero Lucena (PP) com 44% de liderança, e o radialista Nilvan Ferreira (MDB) com 36%, marcando o que deve ser a vitória para o senador, ex-governador e ex-prefeito da capital.

De forma similar, o indicado pelo atual prefeito de Goiânia e apoiado pelo governador de Goiás, candidato Maguito Vilela (MDB), mantém a liderança com 54% das intenções de votos conra 31% do empresário e senador Vanderlan Cardoso (PSD). Vilela, contudo, está atualmente internado por complicações de Covid-19.

Outras capitais registram empate técnico: Recife, Belém, Cuiabá, Maceió e Vitória. Em Recife, Marília Arraes (PT) está um pouco à frente de João Campos (PSB), com 45% e 39%, respectivamente. E em Belém, Edmilson Rodrigues (PSOL) tem 52% dos votos válidos, empatado com o delegado Eguchi (Patriota), com 48%.

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

1 comentário

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome