Eleições nos EUA: Obama tem leve vantagem sobre Romney

Por Marco Antonio L.

Do Opera Mundi

Às vésperas do fechamento das urnas, Obama desempata e tem leve vantagem sobre Romney

Leia a cobertura completa da eleição presidencial dos Estados Unidos no blog “EUA Votam”

Faltando apenas quatro dias para o fechamento das urnas nos Estados Unidos, pesquisas de opinião pública revelam que o candidato à reeleição, Barack Obama, conseguiu uma estreita vantagem sobre Mitt Romney e assumiu a liderança em estados decisivos para a disputa. Segundo o site Real Clear Politics, que calcula tendências a partir da média entre diferentes sondagens, o democrata venceria hoje seu adversário republicano por 47,4% contra 47,3%.

Em Ohio, estado considerado decisivo para ambas as campanhas, três pesquisas indicam que Obama conseguiu desfazer o empate que mantinha com Romney. A mais recente, conduzida pela emissora CNN em parceira com o instituto ORC, aponta que o democrata tem 50% do eleitorado local, contra 47% do republicano. De acordo com o jornal The New York Times, a partir desses dados a probabilidade de Obama se reeleger cresceu para 80%.

Para analistas, o grande impulso na candidatura de Obama surgiu nesta sexta-feira (02/11), com a revelação de dados positivos do Departamento do Trabalho. Estatísticas oficiais mostraram que, embora o desemprego tenha avançado 0,1 ponto percentual ao longo do último mês de outubro, a economia norte-americana conseguiu se aquecer de tal forma que 170 mil novos postos de trabalho fossem criados.

Republicanos tentam acelerar seu ritmo de campanha para reverter possíveis perdas eleitorais decorrentes da supertempestade Sandy. No início da semana, os dois candidatos decidiram interromper compromissos eleitorais em virtude dos estragos na costa leste do país. No entanto, Obama retomou a figura de presidente diante dos prejuízos físicos e humanos e intensificou sua presença nos noticiários.

O presidente e candidato à reeleição foi elogiado pela forma como lidou com os estragos provocados por Sandy. Ganhou o apoio público do prefeito de Nova York, Michael Bloomberg, e recebeu os agradecimentos do governador de Nova Jersey, o republican Chris Christie.

Em algum dos últimos dias de campanha, Obama viajará para Ohio e outros estados de forte eleitorado republicano, como Colorado, Flórida, Iowa, New Hampshire, Virgínia e Wisconsin. Neste domingo (04/11), ele contará com a companhia de celebridades como o rapper Jay-Z e o cantor Stevie Wonder durante um comício em Cincinnati.

Romney acaba de retornar de Ohio, onde também contou com a presença de republicanos célebres. Nesta sexta-feira (02/11), ele se reuniu com quase 100 veteranos de seu partido, entre eles a ex-secretária de estado Condoleezza Rice, o ex-prefeito de Nova York, Rudy Giuliani, e os governadores Rick Perry e Bobby Jindal.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome