As pesquisas no ES e RS

Por Bruno Cabral

Ibope já começo a liberar dados da última pesquisa. Segur notícia abaixo:

Do Terra

Ibope: Renato Casagrande seria eleito no 1º turno com 51% no ES
28 de julho de 2010 • 16h35 • atualizado às 17h00

ALEX CAVANCANTI Direto de Vitória

Pesquisa divulgada pelo Ibope nesta quarta-feira (28) revelou que o candidato do PSB ao governo do Espírito Santo, Renato Casagrande, lidera a disputa para o cargo, com 51% das intenções de voto. Em segundo lugar aparece o candidato do PSDB, Luiz Paulo Velozo Lucas, que possui 18% das intenções de voto. Dr. Gilberto Caregnato (PRTB) aparece em terceiro, com 2%, enquanto Brice Bragato (PSOL) e Avelar (PCO) estão empatados, com 1% da preferência.

A pesquisa foi encomendada pela Federação das Indústrias do Estado do Espírito Santo (Findes) e o Centro da Indústria do Espírito Santo (Cindes) e os resultados apresentados hoje, na sede da Federação, em Vitória. De acordo com o levantamento, o candidato do PSDB à presidência da República, José Serra, está tecnicamente empatado com a candidata do PT, Dilma Rousseff. Serra aparece com 38% das intenções de voto dos capixabas, contra 36% de Dilma, uma diferença dentro da margem de erro da pesquisa, que é de 3%. A candidata do PV, Marina Silva, é citada por 9% dos entrevistados e Plínio de Arruda (PSOL) tem apenas 1%.

O levantamento também avaliou a preferência dos capixabas para o cargo de senador. Segundo o Ibope, Magno Malta (PR) tem 53% das intenções de voto; seguido por Ricardo Ferraço (PMDB), com 49%; e Rita Camata (PSDB), com 30%. O ex-presidente da Assembleia Legislativa do Espírito Santo, José Carlos Gratz (PSL), que teve a candidatura barrada por conta da Lei Ficha Limpa, ainda aparece na pesquisa com 7% das intenções de voto para o Senado.

A pesquisa também confirmou as expectativas da Findes quanto à visão do capixaba sobre sua própria situação econômica, com cerca de 81% dos entrevistados afirmando que o ano de 2010 está sendo bom/muito bom. “Esta visão positiva da população capixaba sobre a nossa economia reflete diretamente no aumento do consumo no comércio, que por sua vez aumenta a demanda junto às indústrias que, por fim, repassam este aumento aos seus fornecedores. Trata-se de um círculo virtuoso que só fortalece a nossa economia”, avaliou o presidente da Findes/Cindes, Lucas Izoton. O otimismo do capixaba também reflete em seu temor pelo desemprego, com 52% afirmando que não se preocupam com esta questão.

“Um dos trabalhos mais fortes da Findes é justamente de oferecer qualificação profissional a setores que alavancam nossa economia, porém ainda contam com escassez de pessoal qualificado, e isto acaba influenciando um pouco nas opiniões de quem teme pelo desemprego na pesquisa”, ponderou Izoton.

A pesquisa ouviu 812 eleitores, entre os dias 22 e 25 de julho. O intervalo de confiança estimado é de 95% e a margem de erro estimada é de 3 pontos percentuais, para mais ou para menos. Ela foi registrada no TRE/ES sob número 10613/2010 e no TSE sob protocolo 20616/2010.

Por Weden

Tem também Vox Populi no Sul.

“No Rio Grande do Sul, Dilma e Serra estão tecnicamente empatados na preferência dos eleitores: 40% dizem que votariam no tucano, enquanto 38% manifestaram apoio à petista. No Estado, a senadora Marina Silva (PV) soma apenas 5% das intenções de voto”.

Olha: Dilma empatando com Serra no Sul é mais um mal indício para os tucanos. Só para se ter uma ideia, ali estaria o maior eleitorado da região. Serra fica dependendo de Santa Catarina e Paraná para suplantar o Norte-Centro Oeste, que estão desde sempre amplamente fechados com Dilma. Não dá. Sem o Rio Grande não dá para superar as duas regiões dilmistas.

É um jogo de noves fora.

A disputa se volta toda para o Sudeste “versus” Nordeste, mas só daria Serra se o Rio e Minas estivessem com ele.

O Rio já avisou que não está. E Minas já avisou que continuará sendo Minas.

São Paulo sozinho nao dá conta do Nordeste. Aliás, Bahia e Pernambuco comem os votos de Serra em São Paulo com farinha e azeite de dendê. Ficam Sergipe, Alagoas, Paraíba, taranra taranran taranran. 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome