Da série: as incríveis manchetes da Folha

O caderno de política da Folha (agora chamado de Poder) sempre foi conhecido por esquentar manchetes: chamadas fortes, muitas vezes destacando aspecto irrelevantes ou exagerando enfoques. Mas ultimamente extrapolou. O que a editora Vera Magalhães tem feito com o caderno é uma desmoralização diária.

Confira a chamada da tal carta apócrifa sobre a filha de Mantega. Em que momento dessa história foi estabelecido qualquer elo com Dilma Rousseff? Só faltava agora a Ministra mais forte do governo, aquela por quem passam todas as indicações para cargos públicos, recorrer a dossiês para fazer valer seus candidatos.

A suposta vítima é Ministro da Fazenda de Lula. A chamada o coloca como uma vítima sendo defendido por José Serra, com a sua candidata tirando o corpo, como se fosse suspeita.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome