Tônica da Imprensa conservadora: a despolitização da campanha e o espetáculo da baixaria

Tônica da Imprensa conservadora: a despolitização da campanha e o espetáculo da baixaria

A cobertura da imprensa conservadora das eleições 2010: despolitizar a campanha


Esse é o papel que a imprensa conservadora inclina-se a desempenhar na cobertura política e das eleições em 2010: nivelar por baixo para igualar oportunidades. Como levar para um campo de futebol em más condições (cobertura da imprensa) para equilibrar um jogo desigual, em que uma equipe se sobressai tecnicamente sobre a outra.

A charge acima foi republicada no blog de Josias de Sousa confira aqui, da Folha de São Paulo, um dos maiores panfletos conservadores do país, o referido blogueiro da Folha, ainda usou de outras teclas para redigir um desagravo a representação de mulheres contra o desrespeito, não só a Dilma Roussef, mas a imagem da mulher. Ele fala de humor para justificar a charge e ainda dá um retoque crítico que, segundo Josias de Sousa, contextualizaria a grosseria de Nani…

Sabido é que, tanto a Folha de São Paulo quanto o seu blogueiro empregado, fazem campanha para políticos da oposição desde que foram governo, mas quando se rebaixa a discussão política para a ofensa moral gratuita, aí vê-se o quanto são capazes os prepostos do conservadorismo e do atraso desse país, no vale-tudo por poder.

 

Leia Mais

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora