O paraxodo da China moderna

a china moderna é um paradoxo político-econômico: um sistema feudal rural em vertiginosa corrida do ouro para a cidade urbanoide up-to-date com mercado e consumo, alta tecnologia e internet, rede social e informação numa dimensão planetária conduzida com a mão de ferro de ideologia comunista, ou seja, inteligência de dinossauros no ctrl, visto que, a receita do sucesso econômico chinês é dispor de uma reserva bilionária de mão de obra zumbi escravizada, um estado totalitário e uma cultura importada de mercado capitalista meritocrático.

digno samba do criolo doido… duvido que alguém saiba, com margem de segurança e previsão, onde isso vai dar… nem eles sabem! nem wikileaks, nem obama… há dois fatores geracionais marginais e alienados, desse processo pretensamente nas mãos de anciãos machos do poder central que, no entanto, estão se aglutinando, se interagindo e se mobilizando numa grande massa a fermentar de biopotência política denominada de revolução geracional espontânea: a emancipação feminina consolidada e a juventude x,y,z – órfã da família nuclear burguesa sem a argamassa do papel feminino que está em carreira solo fora do lar – em busca de reconhecimento (quem sou eu) dentro doestablishment e, porque não, dentro do mundo; em busca de inclusão e valoração na organização capitalista do mundo globalizado.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora