Justiça do DF recebe primeira das ações de Lula

Juiz que ficará responsável pelo processo já absolveu Lula. Distribuição acontece após ministro Fachin julgar incompetência da Lava Jato de Curitiba

Jornal GGN – A Justiça do Distrito Federal recebeu a primeira das quatro ações que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) respondia em Curitiba, no âmbito da Operação Lava Jato. Ricardo Soares Leite, juiz substituto da 10ª Vara Federal de Brasília, assumirá o processo ligado a doações de empreiteiras ao Instituto Lula.

Em 2018, uma decisão do mesmo juiz absolveu o político do crime de obstrução à Justiça na Lava Jato, após a delação do ex-senador Delcídio Amaral. Em 2017, durante a tramitação desse processo, o magistrado mandou fechar preventivamente o Instituto Lula.

A distribuição da ação para acontece após o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, determinar no início do mês que a 13ª Vara Federal de Curitiba, onde atuava o ex-juiz Sergio Moro, não tinha competência para julgar os processos ligados a Lula, uma vez que eles não tinham relação com desvios na Petrobras.

Com a ordem de Fachin, quatro processos, alguns já julgados em terceira instância, voltaram à estaca zero na Justiça de Brasília. O envio das outras três ações ainda depende de prazos para recursos.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora