GGN

Lula, Ciro & Marta, por Patrícia Valim

Foto Estadão

Lula, Ciro & Marta

por Patrícia Valim

Marta Suplicy é uma das mais bem cotadas para a prefeitura de SP nas eleições de 2020. Em qualquer cenário, Marta sai com pelo menos 10% das intenções de voto nas pesquisas, sobretudo nas periferias e regiões mais pobres de SP em razão dos CÉUs.

Ciro Gomes – que é malcriado, mas não é besta -, teve um pouco mais de 1 milhão de votos na cidade de São Paulo. O reduto político de sua família, Ceará, obteve os maiores índices educacionais. Liguem os pontos. Não à toa, Ciro Gomes está tentando levar Marta para o PDT.

No entanto, a governança de Marta Suplicy em SP foi petista. Lula e o DN sabem disso. Sabem também que o que está em disputa é a sobrevida do PT paulista, a disputa pela oposição ao dorismo e a construção da oposição ao bolsonarismo nacionalmente. Ganhar a prefeitura de SP é central para o PT.

O convite para Marta Suplicy voltar ao PT obriga Ciro Gomes a se mexer mais rápido e mais explicitamente, e coloca Marta Suplicy na lona: como foi descartada pela direita depois de cumprir o papel de bate pau, ou ela irá se aliar ao PDT e a alguém que irá trucidá-la politicamente em SP, ou ela garantirá alguma sobrevida na política, no PT. Além de obrigá-la a rever publicamente suas posições durante o Golpe de 2016.

Qualquer que seja o movimento político de Marta daqui pra frente e assim por diante, sua candidatura à prefeitura de SP ainda é uma virtualidade. Vamos usar a energia para derrotar o bolsonarismo. A política não é fígado. Muito menos marido traído.
#AbaixooRegime
#LulaLivre

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Sair da versão mobile