Mourão e Alexandre Garcia endossam o massacre de Jacarezinho: cumplicidade ou leviandade?

Até agora, a Polícia Civil do Rio de Janeiro não divulgou a identidade das 29 vítimas do massacre de Jacarezinho. Alguns veículos identificaram parte deles, pais de familia com passagens rápidas pela polícia e já devidamente recuperados para o trabalho legal.

No entanto, o vice presidente Hamilton Mourão e o jornalista Alexandre Garcia endossaram a versão de que as vítimas eram bandidos perigosos, fortemente armados, que resistiram à operação.

Há três hipóteses nessas afirmações:

  1. Ambos têm conhecimento interno do que ocorreu, o que seria indício de ligação com a força tarefa.
  2. Ambos não têm idéia do que ocorreu, mas endossam cegamente a versão policial, denotando irresponsabilidade imperdoável para um vice presidente e para um jornalista.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora