Home Editoria Cidadania Organização de atos contra Bolsonaro quer retomar cores do país

Organização de atos contra Bolsonaro quer retomar cores do país

Organização de atos contra Bolsonaro quer retomar cores do país
Foto: AgênciaPT

Jornal GGN – Os organizadores dos protestos contra o presidente Jair Bolsonaro decidiram retomar o uso do hino nacional e as cores verde e amarela, atualmente usadas como símbolos dos bolsonaristas.

“A ideia é que o hino e a bandeira do Brasil sejam resgatados pelo campo republicano. Não faz sentido permitir que sejam apropriados pelas manifestações fascistas”, diz o sociólogo Fernando Guimarães, coordenador do Direitos Já, em entrevista ao Painel do jornal Folha de São Paulo.

Clique aqui e veja como colaborar com o jornalismo independente do GGN

A programação dos atos inclui falas de líderes de partidos como PT, PSOL, PC do B, PSB, PDT, Rede, PV, Cidadania e Solidariedade, além de centrais sindicais e de movimentos populares. Até mesmo o MBL esteve presente no encontro.

Os atos estão programados para o próximo sábado, 02 de outubro. Até o momento, estão programadas manifestações em aproximadamente 76 cidades, com foco nas capitais. O objetivo é concentrar o maior número de pessoas em São Paulo, na Avenida Paulista.

Leia Também

Anistia Internacional aponta perda de direitos ao longo dos 1.000 dias do governo Bolsonaro

O Brasil é feminino (53%), negro (56%) e dos trabalhadores (66%), por Francisco Celso Calmon

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Sair da versão mobile