Na fatídica live de quinta, Bolsonaro critica STF, diz que tem pouca vacina e elogia Nunes Marques

Jair subiu no banquinho em defesa de Nunes Marques, chamando de ‘direita burra, direita idiota, fedelho, papagaio de internet e analfabeto funcional’ quem o criticou pela indicação. A defesa de sua escolha foi longa.

Jornal GGN – E quinta-feira é dia de acompanhar a live do presidente Jair Bolsonaro. É o papo direto e reto do presidente com sua base. Jair criticou a decisão do Supremo Tribunal Federal de permitir que o Estado imponha restrições a quem não tomar vacina contra Covid-19.

O presidente disse que não tem vacinas para todos e afirmou que o STF não mandou impor medidas restritivas, mas que prefeitos e governadores podem impor. ‘Da minha parte, zero’, disse ele afirmando que não vai impor nada e duvida que alguém tenha coragem de o fazer.

Desta vez, Jair subiu no banquinho em defesa de Nunes Marques, chamando de ‘direita burra, direita idiota, fedelho, papagaio de internet e analfabeto funcional’ quem o criticou pela indicação. A defesa de sua escolha foi longa.

Seus seguidores foram às redes criticando o voto de Nunes Marques na questão da vacina e o presidente soltou o verbo. “Impressionante, os caras descem a lenha em mim”, reclamou Bolsonaro. “Lógico que a esquerda bate palma para essa direita burra, direita idiota. Bateram palmas para vocês. Vocês não sabem, não interpretam, não conseguem saber o que foi votado e descem o cacete”, prosseguiu. “Não fica agindo como papagaio, repetindo o que um idiota escreve.”

Outro voto que Bolsonaro elogiou, dado por Nunes Marques, foi o que compôs maioria no STF sobre a não admissão de duas uniões estáveis ao mesmo tempo, impedindo assim o reconhecimento de direitos de amantes em discussões judiciais.

Jeitoso, Bolsonaro afinou a voz ao falar sobre o tema, referindo-se a um hipotético homossexual. “Está lá no velório, todo mundo chorando, triste, […] e apareçam três, quatro mulheres e falem ‘oh, eu transava com este cara que está morto aí e vou ter direito à partilha dos bens e pensão’. E aparece um homem também. ‘Eu também transava com ele'”, afirmou, afinando a voz.

“Se você reconhecer este direito, você abriu as portas para a poligamia. Fodeu a família. Deu para entender que fodeu a família, você, fedelho, que está me criticando”, disse Bolsonaro.

Ao voltar a falar sobre a vacina, ele disse que não obrigaria ninguém a tomar vacina por ser “responsável” e que tratar a questão dos imunizantes com açodamento é “uma irresponsabilidade”.

Com informações da Folha

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

6 comentários

  1. A ameba lesada intelectualmente, para defender que a vacina não seja obrigatória, fazendo uso pleno de sua irracionalidade, “exemplificou” da seguinte forma ” se nao quero fazer quimioterapia é problema meu..”.
    Desprezivel.
    Só um ser desprezivel ou extremamente desprovido de inteligência, ou simplesmente um canalha compara o tratamento de grave doença porem não transmissível a uma necessidade de imunização coletiva necessária para interromper a cadeia de contágio.
    O congresso, ao não acatar pedido de impeachment deste sujeito, se tornará cumplice neste genocídio.

  2. Bilhões e Bilhões que dizem não existir na Saúde Pública e Políticas Sociais no Brasil serão torrados para financiar Laboratórios e Empregos Estrangeiros. NorteAmericanos, Europeus e Chineses agradecem. A hipocrisia é tamanha que nada se esconde mais. São todas Elites do Estado Ditatorial Caudilhista Absolutista Assassino Esquerdopata Fascista defendendo seu ‘Feudo’ chamado Brasil quase centenário.

  3. Tenho vontade chamar Bolsonaro de Comodus ou Caracala, mas acho melhor ficar num nível bem mais raso, o de um banqueiro do jogo do bicho. E há grande chance de ele ser reeleito daqui a 21 meses, se os líderes da oposição não começarem a conversar rapidamente.
    Com todo esse caos sanitário e econômico que estamos vivendo, ele aparece com 35% de Ótimo/Bom na última pesquisa Ibope, de dois dias atrás.

  4. Realmente o “miliciano em chefe” falando para o gado deixar de ser papagaio de internet, analfabeto funcional e pedindo que “interpretem” a realidade da votação no stf e de “bater a bunda no chão” de tanto rir(se não fosse trágico…)…Ta pedindo alto nível de cognição pra boi é muito interessante….Deve ser um causo como “dar bom dia à cavalo”…

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome