O ping-pong do Irã

Eliane Cantanhêde, hoje na Folha (para assinantes)

“Então, entrar na contramão internacional e se meter com o regime Ahmadinejad num acordo que ninguém levou a sério, pode.”

***

Nelson de Sá, hoje, na Folha (para assinantes)

5+3?
A agência russa RIA Novosti noticiou que a União Europeia vai discutir com EUA, Reino Unido, França, China, Rússia e Alemanha, o chamado grupo 5+1, “a proposta do Irã de incluir Turquia e Brasil nas negociações sobre seu programa nuclear”. Foi o que anunciou a chanceler da UE, em Bruxelas. O “Moscow Times” acrescenta que “a Rússia quer a presença de Turquia e Brasil”.

EoWSE o “WSJ” destacou na home que, segundo o chanceler turco, “o Irã se compromete a parar de enriquecer urânio em grau elevado se as potências concordarem com o acordo de troca de combustível fechado com Turquia e Brasil”. 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome