Qual o significado (do sucesso do) Governo Lula?

Na semana que marca a despedida do governo do presidente Lula, o melhor e mais popular de nossa história, o Blog Palavras Diversas dedica seu espaço para os posts sobre seu governo e sua figura política.

Hoje publicamos post sobre o simbolismo de seu governo na coletividade, o seu sucesso. A representação social da vitória de Lula e o que poderia representar sua derrota política no exercício do poder.

Afinal

 

Qual o significado (do sucesso do) Governo Lula?

A análise de um cidadão comum que viveu as benesses de seu legado, ou seja, o blogueiro que vos escreve…

O que é Lula enfim? O que significa o sucesso do seu governo?
Como um presidente que não goza da simpatia de setores importantes da imprensa nacional, alcança ao fim de um mandato de oito anos expressivos índices de popularidade?

Todo tipo de análise é feita diariamente em jornais, tv, rádio, portais de internet, discursos políticos, da oposição e da situação, mas nada, creio eu, na minha parca capacidade de compreender tal fenômeno visto de tão perto, pode sublinhar, destacar, expressar, explicar, sem um viés político: contrário ou favorável.

(…)Lula é o símbolo de que o povo é capaz de ascender e alcançar um país melhor, com justiça social. O povo parece crer nisso no seu dia-a-dia, na quitação do carnê da geladeira nova, da casa própria, na poupança sagrada de quem sonha dias melhores. Isso não é pouco na vida das pessoas! Porque o seu fracasso, se viesse, significaria, por muitas gerações, a vitória do discurso das elites brasileiras de que o povo precisa ser dirigido pelos “do andar de cima”, por aqueles que “entendem a realidade” brasileira e sempre governaram para “mudá-la”, que este “tal de Lula” veio interromper décadas de desenvolvimento social “alcançado” com suas idéias “comunistas”. Sua derrota seria um “balde de água fria” na alma do povo brasileiro, significaria, além de tudo, a derrota do próprio povo brasileiro.

(…)O que é Lula enfim?
Qual é a sua corrente de comunicação que alcança as pessoas comuns diretamente, sem os “intermediários” da imprensa? A linguagem simples de Lula, que o faz ser identificado por aqueles que emprestam sua atenção a ele, ao mesmo tempo também o torna desprezado por uma parte conservadora da sociedade que não aceita a sua “ritual simplicidade” na condução de um cargo, tradicionalmente, ocupado por representantes de famílias tradicionais, pelas elites desse país. Sorte que o povo é maioria e parece consenso seu juízo sobre esse governo.

A história se encarregará também de decifrá-lo, longe das manchetes políticas de jornais, rádios, TV’S e portais da internet, que buscam arranhá-lo, desconstruí-lo, em que parte considerável da imprensa, que se confunde entre órgão de informação social e partido político de oposição, sistematicamente faz diariamanente.

 
Leia a íntegra aqui>>>

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome